Plataforma global de negócios voltada especificamente para o mercado de matérias-primas para a indústria de cosméticos, a in-cosmetics, que teve início na Inglaterra em 1990 e hoje apresenta regularmente eventos globais na Europa, na Ásia e nas Américas, realizou esta semana no Brasil, a 5ª. Edição da in-cosmetics Latin America.

Esses eventos globais conectam regiões às principais tendências do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC), gerando relações de valor, networking, aprendizado e inovação.

Agências de pesquisa, como Euromonitor , Mintel, WGSN e Beautystreams apresentaram as principais análises de tendências do mercado global e regional.

Este ano a agência de inteligência de mercado Euromonitor, com seus 14 escritórios pelo mundo, que cobrem 100 países, apresentou suas análises e percepções sobre a tendência global de premiunização em beleza e cuidados pessoais na América Latina.

De acordo com a agência, em 2017 o mercado global de HPPC representou US$ 417 bilhões, com destaque para os segmentos de pele e cabelo. Na América Latina, o destaque ficou por conta dos segmentos de Fragrância e Cuidado com os Cabelos, sendo que a região apresenta desempenho superior à média global. Ainda segundo a agência, o mercado brasileiro representa quase metade do desempenho da América Latina. O México apresentou uma taxa de crescimento acima de 5% e a Argentina, um crescimento de 3%, considerando a inflação. São mercados fortes e com potencial de crescimento, que justificam a realização da  quinta edição Latin America da in-cosmetics.

Premiunização na América Latina

Elton Morimitsu, analista senior da Euromonitor International avaliou em apresentação que ‘o envelhecimento da população, a ascensão da classe média e o desejo de conveniência estão impulsionando o mercado de beleza premium na América Latina, mesmo durante a recessão econômica.’

“ A América Latina continuará a apresentar oportunidades interessantes para a beleza premium, já que a categoria está prevista para crescer a uma taxa média anual de 4% até 2022.”

De acordo com o analista, apesar de grande parte das economias da América Latina estar enfrentando turbulências econômicas, o consumo de produtos de beleza premium na região apresentou taxas acima da média global, crescendo 14% no último ano e movimentando USD 5 bilhões em 2017. A venda dos produtos massivos cresceram 11%.

Globalmente, o consumo de produtos premium de beleza e cuidados pessoais estão apresentando um desempenho acima dos produtos de massa. As vendas de produtos premium globalmente cresceram 7% no último ano, movimentando USD116,7 bilhões em 2017. No mesmo ano, a venda dos produtos de beleza de massa cresceu 5% em nível global.

“Este é o segundo maior crescimento global, atrás apenas da região Ásia-Pacífico. Enquanto o Brasil é e continuará sendo o maior mercado de beleza premium da América Latina, o Chile e o México apresentam as melhores oportunidades para as empresas, já que o segmento premium representará 15% das vendas totais de produtos de beleza e cuidados pessoais até 2022 nesses países ”, apontou Morimitsu.

Integração de Práticas regulatórias

O Conselho da Indústria de Cosméticos, Cuidados Pessoais e Cuidados do Lar da América Latina – CASIC –, representante das Associações da Indústria de Cosmética da América Latina, sediado no Uruguai , abordou em conferência a convergência das melhores práticas regulatórias internacionais para a região, plenamente inserida na indústria global. Lucia Santi, vice-presidente da Casic, atualizou os presentes quanto aos quadros regulatórios regionais e da América Latina como um todo, e que acompanham as evoluções tecnológicas e as inovações. O tema veio de encontro a um momento em que se discute a Regulamentação do Uso da Biodiversidade Brasileira e a Repartição de seus Benefícios.

in-cosmetics
Inovação para competir nos mercados externos

Gerson Valença Pinto, diretor técnico-cientifico da Centroflora Group, apontou em palestra, que as principais forças que impactam o setor de higiene, beleza e cuidados pessoais: biotecnologia, nanotecnologia, impressão 3D, indústria 4.0 e fusões de tecnologia. “Vivemos o momento de um novo tempo, um período de fortalecimento dos modelos inovadores”, ressaltou. “Especialmente porque competimos avidamente com o mercado internacional. Investimentos em novos produtos precisam ter um forte componente inovador e princípios aliados ao dinamismo e operação das empresas”, disse.

A influência dos produtos asiáticos

Os produtos de cuidados com a pele deverão continuar a crescer no mercado brasileiro e, de acordo com a Mintel, o segmento será impactado pela influência dos produtos asiáticos. Juliana Martins, especialista de beleza e cuidados pessoais da Mintel, disse em palestra, que cada vez mais as indústrias de cosméticos asiáticas unem produtos de cuidados com a pele, com produtos de maquiagem padrão.
“Bases, corretivos, além de atuarem no retoque da pele, também ajudam na hidratação, fazendo a função de dois produtos em um. Outra tendência apresentada é a criação de embalagens atrativas para as redes sociais, para o consumidor achar diferente, interessante e publicar nas redes, chamando outros clientes para este produto”, explica.

Tendências para o mercado de fragrâncias

A aposta são perfumes vendidos ainda inacabados que, ao reagir com o aroma da pele, criam uma essência personalizada. “Produtos criados através do DNA de cada pessoa impactarão o mercado, personalizando o tipo de creme, maquiagem e perfume para cada pessoa. Reforçando o conceito de personalização que os clientes cobram cada vez mais das empresas”, disse Fernanda Pigatto, diretora internacional de marketing da consultoria Beautystreams.

Pigmentos

Merck, marcou presença na in Cosmetics Latin America 2018, com a linha de pigmentos de efeito Performance Materials. São eles: Ronastar Black Allure, Ronastar Iconic Copper e Ronastar Quantum Gold, novas opções de pigmentos, com brilho intenso e efeito metálico, nas cores cobre e dourado. O tratamento de superfície diferenciado proporciona melhor aplicabilidade em formulações não aquosas,  apresentam sensorial melhorado e efeito long-lasting. Em maquiagens são ideais para os lábios, olhos e unhas.

“É a primeira linha da Merck a oferecer efeito mate, em tonalidades vermelha e preta. Toda a linha apresenta estrutura esférica sutil das partículas do pigmento, proporcionando luminosidade quando aplicado sobre a pele e sensorial extremamente agradável,” afirma Leonardo Cerqueira Lima, especialista em desenvolvimento de marketing em Functional Materials e Performance Materials da Merck.

A empresa diz que a linha é uma alternativa aos Óxidos de Ferro, já que não necessita moagem prévia, não amarela a fórmula e não influencia negativamente a textura em formulações em pó. São estáveis e fáceis de incorporar na fórmula, além de puramente inorgânicos, ideal para cosméticos veganos.

Croda

Pigmentos de efeito da Croda

Croda levou para a in-cosmetics Latin America, pigmentos de efeito para produtos de HPPC, apresentados em formulações prontas. Monshine™ Effect Pigments é uma série de quatro pigmentos de efeito à base de borossilicato de qualidade, para dar às formulações cosméticas os efeitos únicos e inovadores desejados pela indústria. Esses efeitos incluem intensidade e brilho excepcionais em níveis não alcançados com pigmentos de efeito baseados em mica. Eles fornecem transmissão de cor brilhante e intensidade de cor e são oferecidos em ampla gama de cores e efeitos, com benefícios sensoriais suaves e benefícios superiores de suspensão.

Persiste a tendência dos naturais

Mapric ( Grupo Greentech) levou óleos hidrosolúveis sem PEG (polietilenoglicol), portanto biodegradáveis e não irritantes, com todas as propriedades suavizantes e calmantes inerentes à diversos óleos vegetais, juntamente com alto teor de ômega e lisina, em um substrato solúvel em água. Eles combinam os benefícios biológicos das Amendoas Doces, Inca Inchi ou óleo de Argan.

Levou ainda o Fitobioativo Greensil, um pó muito fino (60 vezes mais micronizado que o óxido de zinco) resultante da moagem de concreções de silício contidas no bambu gigante Bambusa arundínacea, que absorve a hipersecreção de sebo pelas glândulas sebáceas e de suor pelas glândulas sudoríparas. Promove efeito mate, mas deixa a pele luminosa. Absorve o suor e é indicado para o cuidado da pele gordurosa, propensa a acne, desodorantes, maquiagem, talcos, dentifrícios , entre outros.

quantiQ, empresa do grupo GTM Holdings ,apresentou produtos naturais/green, detox e genderless, em soluções para pele e cabelo, com foco em problemas relacionados ao cotidiano.
“Estamos muito empolgados com a feira, pois é uma oportunidade única de estreitarmos parcerias, aprofundarmos o relacionamento com nossos clientes e expandir os negócios”, diz Mônica Antunes Batistela, Coordenadora de Marketing para Cosméticos da quantiQ. “Estamos trazendo inovações do grupo Hallstar, Tri-K, de nosso novo parceiro, a Oxiteno e Ingredion”, revela.

Do grupo Hallstar, OLEOACTIF®, óleos-ativos através de processo green eco-extraction com solventes vegetais, baixa energia de consumo, baixo impacto ambiental, sem produtos químicos, sem solventes não orgânicos, e de acordo com a certificação COSMOS. São eles: BLUE OLEOACTIF®: Anti-poluição/anti-luz azul. Derivado das frações do arroz preto, branco e marrom. Aumenta a defesa das células e repara danos e desordens da pigmentação causados pela luz azul. E LIFE LÉOBOOSTER®: Energizante. Derivado a partir da Estévia e Cistus, preservando o nível ideal de energia nas células. Ajuda a minimizar os sinais de fadiga na pele.
Da Tri-K conservantes como o GALGUARD NT: amplo espectro de ação, livre de fenoxietanol, parabenos, mistura de isotiazolinonas e álcool, que pode ser utilizado inclusive em produtos rinse-off. E da Ingredion, Farmal MS 6135, ingrediente natural a partir da tecnologia bio-based , que confere atributos físicos e sensoriais para produtos personal care e é Alumínio-Free. Esta solução possui efeito Matte e absorvedor de oleosidade, indicado para FPS, maquiagem e dermocosméticos.

Evonik levou conceitos prontos para o mercado. Além de soluções naturais, sustentáveis e de alta performance, foco dos lançamentos, promoveu dois conceitos que foram cuidadosamente desenvolvidos : Beauty-Tech e Functional Make-Up. E apresentou as novidades de seu portfólio, que incluem RHeance®One, tecnologia de fermentação que permitiu a produção comercial de glicolipidos 100% naturais, a partir de açúcares, permitindo a produção de produtos de limpeza sustentáveis . E Hairflux®, um ingrediente baseado na combinação sinérgica entre ceramidas biomiméticas e óleos vegetais de alto desempenho, que permite o cuidado intensivo do couro cabeludo irritado e de cabelos que sofreram diferentes tipos de agressão.

Prêmio Itehpec

Na primeira noite do evento foram apresentados os vencedores do Prêmio Itehpec de Inovação, que reconhece os fabricantes de ingredientes de HPPC que contribuem para a inovação da indústria brasileira.  Daniel Zanetti, diretor da in-cosmetics Latin America, destacou que a entrega do prêmio é um momento importante para reconhecimento dos esforços de inovação dos expositores. “Comemoramos os ótimos resultados da feira, além de ser uma forma de agradecimento aos nossos expositores pelo sucesso e desenvolvimento de novas matérias-primas e incentivo à inovação na indústria”, completa.

Este ano foi premiada na categoria a Ouro,  a Lubrizol, com o peptídeo FENSEBIOME TM, que ajuda a impulsionar o próprio sistema de defesa da pele, favorecendo a presença de bactérias benéficas, melhorando sua resposta imune e a integridade da barreira física. Na pele urbana, o ativo promove um microbioma saudável, próximo com a natureza, além de reforçar a coesão celular e a função de barreira física e micro¬biana da pele, prevenindo a desidratação. Pode ser incorporado em formulações para fortalecer a função de dupla barreira da pele e prevenir a desidratação, bem como em produtos de cuidados com a pele de inspiração prebiótica e probiótica, destinados a reforçar a pele exposta a condições urbanas e peles sensíveis.

A Hallstar ficou com o prêmio na categoria Prata, com o ativo Blue Óleo Actif®, um ativo anti-poluição extraído por um processo de Oléo-Eco-extração de três variedades de arroz: preto, vermelho e castanho. É biomimético, 100% vegetal, de origem local, seguro e com certificação COSMOS. Protege as células da poluição urbana e da luz azul, aumenta o sistema de defesa e regula a hiperpigmentação hiperpigmentação causada pela luz azul do brilho de tela de dispositivos técnico-eletrônicos.

Na categoria Bronze, a premiada foi a Inolex, com o ativo Lexfell® Vibrant, um polímero modificador sensorial que melhora as propriedades sensoriais e as texturas de emulsões e sistemas anidros. Em cosméticos coloridos, o LexFeel Vibrant melhora o resultado e a vibração dos pigmentos. Ao contrário das ceras e manteigas típicas, a LexFeel Vibrant é uma cera não cristalina que permanece transparente quando misturada com outros ingredientes de fase oleosa, melhorando assim a qualidade da cor em aplicações anidras, como batons.

A in-cosmetics trouxe muito mais.: as melhores empresas em pesquisas e tendências, interação. A cada ano vem trazendo inovações em termos de evento e profissionalismo, o que a torna referência em promoção, divulgação, networking , aprendizado e inovação em produtos.