Um grupo de importadores de perfumes e cosméticos – Vizcaya, ph) arcangeli, Frajo, Neutrolab, Monalisa Brasil e Excellence – realizou entre os dias 13 e 15 últimos, no Hotel Unique, em São Paulo, a beautyweek 2004, uma mostra das tendências e lançamentos mundiais, principalmente em perfumaria.

 

A LVMH também participou do evento só que em seu próprio showroom, próximo ao hotel, na Av. Europa, mostrando as novidades das marcas Dior (J`Adore em nova embalagem, Dior Addict Eau Fraiche e Dior Bronze Natural, uma linha de auto-bronzeadores), Guerlain (L´Instant Pour Homme)  e Givenchy (Only, para o público jovem,Very Irresistible Givenchy Petals) e Kenzo ( alguns produtos da linha de tratamento Kenzoki).

 

 


O importador Marcos Rothenberg, que responde por 3 empresas (RR, Passion e Delfos) apresentou seus lançamentos na suíte presidencial do Hotel. Suas empresas respondem por 35% dos 65% das vendas do setor.  Para ele após 15 anos, o mercado começa a amadurecer e o Brasil entrou na rota dos lançamentos mundiais. “Esse mercado precisa de festa e glamour para crescer, além de um atendimento personalizado e profissional”, afirma.        
                                                                              

 

A RR Perfumes apresentou seus lançamentos mais recentes das marcas Lacoste (Pour Femme), Calvin Klein, Escada, Gucci, Hugo Boss (Boss In Motion Edição Limitada), Kenneth Cole (Black), La Prairie e Narciso Rodriguez.
                                                            

A Vizcaya trouxe para a feira os últimos lançamentos das marcas Benetton, Burberry, Celine Dion Parfums, Celine, Façonable, Jennifer Lopez, Christian Lacroix, Davidoff, Joop, Molyneaux, Paul Smith (Paul Smith London for Man), Salvador Dali, ST Dupont, Ted Lapidus, Versace e sua própria marca Vizcaya.

 

ph) arcangeli, mostrou as novidades de Chanel (itens interessantes de maquiagem, Chanel Nº 19 em nova embalagem e um creme da linha Précion), Aramis, Bvlgari, Clinique, Donna Karan, Emanuel Ungaro, Sonia Rykiel, Salvatore Ferragamo (Subtil Pour femme) e Tommy Hilfinger.

 

                                                                        

 

Para Viviane Simões, diretora da ph) arcangeli, esta é uma oportunidade para os lojistas de todo o Brasil e imprensa especializada conhecerem todos os lançamentos e atividades promocionais para o segundo semestre num único evento.

 

“ A Beauty Week mostra o profissionalismo das empresas do setor. Hoje podemos ter um evento único como os grandes mercados mundiais” diz Viviane.

 

A Frajo trouxe a coleção de maquiagem Bronzing da ArtDeco e ainda novas marcas, como Krizia (Time Woman), Ferrari (a linha Ferraria Black), La Perla (a fragrância masculina Touch) e Sérgio Tcchini (Classic).


 

                                                                     

A Neutrolab trouxe Oscar de La Renta (Rosamor), Nina Ricci (edição limitada verão 2004, Premier Jour Soleil), Zirth (Fcuck), Yves Saint Laurent (Opium Summer, Total Fitness e a maquiagem Primavera/Verão) Bourjois (linha de maquiagem), Fendi, Carolina Herrera (Chic For Men, 212 On Ice edição limitada 2004 masculino e feminino), Pacco Rabanne Xs Sensual Skin edição limitada verão 2004), Stella Mc Cartney e Ermenegildo Zegna.


 

Monalisa Brasil, que representa as marcas Boucheron, Cartier, Hermès (Eau dês Merveilles), Moschino, Harley Davidson, Castelbaljac, Lalique, Lanvin, Lolita Lempika, Maubossin. Balmain, Romero Brito, Decleor, Dog Generation e Pupa

 

A Excellence mostrou os mais recentes lançamentos das marcas Angel Schlesser, Animale parfums, Café Paris, Liz Clairborne, Marina de Borboun, Morgan, Gian Marco Venturi, Gilles Cantuel, J Del Pozo. Talika e Swiss Army.


 

Os lançamentos no segundo semestre do ano, representam 65% das vendas do setor, que teve um crescimento de 18% no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, o que animou o setor a preparar esta mostra.  Não por acaso a Cosmoprof/Cosmética também é realizada no segundo semestre (este ano entre 11 e 14 de Setembro).

 

Durante os três dias em que a Beauty Week ocorreu, o movimento foi grande, com clients entrando e saindo dos estandes, ávidos por conhecerem os lançamentos que representam o incremento nas vendas do fim de ano.

 

Eventos como este são grandes confraternizações, onde as equips das empresas envolvidas, lojistas e importadores têm a chance de conhecer melhor um ao outro”, diz Lucinda Lopes, diretora da Excellence.

 

“Mesmo sendo concorrentes, as empresas envolvidas no Beauty Week mostram que a concorrência acontece mesmo nos ponto-de-venda, pois os clientes são os mesmos e, portanto, esta união é importante para o segmento como um todo, diz Viviane Simões.
                                                                         

 

 Jacob Nir, presidente da Adipec – Associação dos Distribuidores e Importadores de Perfumes, Cosméticos e Similares) desde março deste ano, destaca que hoje em dia no país, existem de 350 a 500 pontos de perfumaria seletiva. “O brasileiro está se perfumando mais e melhor porque a oferta é maior”, afirma.

 

Em 2003, o brasileiro consumiu US$ 150 milhões em perfumes importados de luxo, valor que não inclui compras em free-shops, diretamente no exterior ou o contrabando. A expectativa é que este ano o crescimento do setor atinja os 15%. “Só não crescemos mais porque os impostos que pagamos são altíssimos e a vigilância sanitária impede que o fluxo de desembarque de produtos seja maior, ou pelo menos mais agilizado e isso é uma medida que não necessita de tantos trâmites. Precisa mesmo é de vontade política”, afirma.