Em 1993, quando a Natura estudava o lançamento de uma linha infantil, o então presidente da empresa, Luiz Seabra, atento a uma notícia no jornal sobre a influência positiva das massagens no desenvolvimento físico, motor e emocional dos bebês, sugeriu então a inclusão do conceito da massagem no embasamento da nova linha.

Formava-se então o conceito da linha Mamãe e Bebê, que incorporava um novo e bem sucedido segmento de mercado, oferecendo um sistema integrado de produtos para cuidados da gestante e do bebê.

Um poema de WH Aldin sobre o acalanto e ainda a frase “ O espelho de nossa existência é o olhar de nossa mãe”, lidos pelo empresário, acrescentaram nova forma ao conceito da linha que acaba de ser relançada.

Natura Mamãe e Bebê passa incorporar o ‘amor fundamental’ entre mãe e filho, que envolve os sentidos desenvolvidos para esta relação: o toque como principal canal de comunicação, o olhar, a amamentação, o olfato e a audição.

Poucas empresas brasileiras valorizam desta maneira o sentido e a amplidão do conceito para produtos como a Natura e é aí que a ela faz a diferença no Brasil e no exterior.

A Linha
Assim, a linha, que tem nova fórmula, nova embalagem e também novos produtos, é composta por xampu (com tensoativos naturais de cupuaçu e milho), condicionador suave, sabonete líquido vegetal, sabonete vegetal com saboneteira (assim como o sabonete líquido com base 100% vegetal), óleo vegetal para higiene e massagem (com óleos de passiflora e palma e toque final seco), creme para prevenção de assaduras (com óxido de zinco, anti-séptico e secativo), loção hidratante protetora e talco em creme protetor.

Para as mães a linha traz Emulsão Corporal para Gestantes e Óleo para Banho para Gestantes, com óleo de amêndoas, óleo de semente de uva, óleo de rosa mosqueta e fórmula emoliente. E ainda o refrescante Gel para Cuidado das Pernas e Pés.

O briefing para a reformulação da linha, de acordo com Eduardo Luppi, diretor de Inovação, focou na segurança: fórmula sem álcool, sem corantes, derivados do petróleo ou origem animal. Usar matérias primas derivadas da natureza, com concentração acima de 90% de ingredientes naturais. O Creme para Assaduras teria avaliação clínica. Óleo de higiene e massagem 100% vegetal, em contraposição ao que se encontra no mercado.

A fórmula incorporou o Óleo de Passiflora, fornecido pela Croda e extraído da biodiversidade brasileira. Obtido da prensagem das sementes do maracujá e rico em ácidos graxos essenciais Omega 6 e Omega 3, protege contra a perda d´água e preserva a proteção  e a  hidratação naturais da pele. Evita o ressecamento e  a possibilidade de irritações.

Os frascos(Cinimplast) e bisnagas (Globalpack) das embalagens, com refil, são inquebráveis. Feitas com materiais atóxicos em soft touch, mais macio e menos escorregadio. Foram aperfeiçoadas no design e diminuíram de tamanho, mais apropriado aos bebês. Em compensação os preços dos produtos da linha foram reduzidos em 15%. As tampas (Globalpack), mais práticas, agora são em flip top.

Um outro detalhe que aponta para o cuidado com que a linha foi desenvolvida está na bula dos produtos. Cada produto inclui na bula a opinião e ainda dicas de um especialista, conforme o produto.

A linha oferece duas opções de bolsa para o bebê: a Bolsa Trocador e a Frasqueira Térmica, verdadeiros must have. Além disso, os conjuntos são acompanhados pelo Guia de Boas Vindas, uma publicação que orienta pai e mãe sobre cuidados práticos e amorosos com o filho e incorpora o manual de massagem modificado.

Divulgação

Para a difundir a linha, a rede de consultoras da empresa receberá treinamento especial e, numa ação mais incisiva, a linha estará em breve presente na novela Senhora do Destino.

Um site na internet traz o Programa de Relacionamento, que prevê ações dirigidas a consumidores (especialmente as gestantes) e consultoras Natura, com informações e ações que ajudam a fortalecer o vínculo dos pais com o filho ou, o amor fundamental.

Entrevista



Luiz Seabra, Co- Presidente, Fundador Conselheiro e Membro do Conselho de Administração da Natura, falou ao cosméticos br sobre a linha.

1 – O que esse lançamento representa para a empresa neste momento?
O desdobramento conceitual da linha, como ela se posiciona para formar consciência. Especialmente daqueles que estão vindo ao mundo. O fundamental para nós é como as pessoas vão receber essa e outras linhas.


2 – A preocupação com o “nada mineral, tudo vegetal” partiu do Sr.?
Partiu da empresa. A opção pelo vegetal é em termos de qualidade. Na verdade optamos pela conveniência do vegetal. Não a inconveniência do mineral.


3 – As pesquisas tecnológicas com universidades e parceiros do exterior continuarão?
Não estão no âmbito desta linha. No entanto as pesquisas são o que move a Natura. São quase sinônimo de nosso nome.

4 – Em se tratando de conceitos, como o Sr. vê a campanha da Dove, de produtos para o corpo, que fala em mulheres de verdade, um conceito há muito difundido em campanhas da Natura?
Esta é uma conquista mais de ordem cultural do que do âmbito da empresa. Não é exclusiva da Natura. A preservação do meio ambiente, a liberdade de ver o corpo da mulher como ela é, deveriam ser um bem da humanidade. Se alguma empresa se inspirou nos conceitos da Natura, isso só vem mostrar o quanto é verdadeira essa nossa bandeira.

5 – O Sr. acredita que o conceito da linha Mamãe e Bebê, do Amor Fundamental, vá se disseminar da mesma forma?
Ela já é  fruto dos conceitos da Natura. São linhas conceituais, a favor do bem estar das pessoas. Semeando coisas para a nossa realidade cultural, mudando consciências.

6 – O Sr. trabalha diretamente com o desenvolvimento de alguns produtos?
Peço à Cláudia Leo, nossa Gerente de Desenvolvimento e Pesquisa que responda a essa pergunta.
Cláudia Leo – Muito. O Sr. Luiz quando se trata de Desenvolvimento de Produto é sempre o nosso consultor, assim como o Sr. Pedro Luis Passos o é quando precisamos de consultoria em relação a Marketing.