Imagem: América Latina – um dos mercados mais promissores do mundo

 

Globalmente a América Latina é considerada um mercado de cosméticos e higiene pessoal pulsante, em crescente desenvolvimento, pelo interesse do consumidor em cosméticos, quando as economias locais permitem. Separadamente Brasil é o grande destaque da região, o quarto maior mercado de cosméticos atualmente, mas já foi o segundo e o primeiro em fragrâncias. Mas outros países da região vêm apresentando crescimento robusto, como o México, a Colômbia e o Chile. Com dados do Euromonitor o cosméticos br destaca mais uma vez a importância dessa região como um dos mercados globais em pleno desenvolvimento.

Um Mercado a Ser Explorado – 14/03/2011
América Latina Preparada para o Crescimento – 08/08/2011

BELEZA E CUIDADOS PESSOAIS

BRASIL

O segmento de beleza e o de cuidados pessoais no Brasil experimentou um crescimento de pequeno valor, de 5%, em termos atuais em 2016, influenciado pelos reajustes de preços, o que contribuiu para um forte declínio nas vendas no ano. Os fatores macroeconômicos negativos, como o aumento das taxas de desemprego, a alta inflação e a queda do poder de compra entre os consumidores de baixa e média renda, juntamente com as crises econômicas e políticas no Brasil, causaram um desempenho mais lento em 2016. Além disso, aumentos nos impostos, como o IPI imposto federal e ICMS sobre circulação de mercadorias em alguns estados do país durante este ano prejudicou as vendas.

De acordo com o Euromonitor, a crise econômica está tornando os consumidores mais racionais com suas compras. Consequentemente, em 2016, os consumidores estavam negociando e procuravam alternativas mais baratas. Desodorantes, cuidados capilares, fragrâncias e cuidados com a pele foram as categorias mais exemplares desta tendência durante o ano. No cenário sensível ao preço, os pacotes menores tornaram-se mais importantes, já que os consumidores de baixa renda tentaram continuar comprando em algumas categorias, mas apenas se pudessem gastar menos do que anteriormente.

Durante o período em que a crise econômica se aprofundou (2015-2016), a Unilever Brasil concentrou seus esforços na redução de despesas, aumentando a eficiência de sua gestão de vendas e com essas economias, a empresa investiu nas principais marcas. Em geral, a Unilever Brasil procura renovar 70% do portfólio de produtos a cada ano. Como resultado, a empresa lidera em categorias-chave como banho e chuveiro, desodorantes e cuidados com o cabelo.

Os lançamentos de produtos estão concentrados em maquiagem, fragrâncias e concentrados para o cuidado do cabelo. Em maquiagem, o batom mate e as bases de almofadas foram os maiores resultados em 2016. Avon Cosméticos Ltda e Botica Comercial Farmacêutica Ltda – O Boticário -, foram pioneiras no lançamento desses produtos, respectivamente. As empresas líderes em fragrâncias de massa destacaram um ingrediente único em seu marketing, como Natura Rosa da Natura & Co  e Elyseé da Botica Comercial Farmacêutica, respectivamente. Nos cuidados com os cabelos, destacaram-se as novidades focadas em cabelos encaracolados e afro.

Perspectivas positivas para beleza e cuidados pessoais

A beleza e os cuidados pessoais devem registrar um CAGR de valor de 5% a preços constantes de 2016 durante o período de previsão. Fatores macroeconômicos positivos e aumento da confiança dos consumidores devem apoiar o crescimento futuro. Um possível cenário de melhoria na economia sempre vem acompanhado de sofisticação no comportamento do consumo, principalmente entre os consumidores de renda média. As principais empresas estão planejando expandir suas vendas através de investimentos em sua capacidade de produção, sistemas logísticos e processos de fabricação.

CHILE

Embora a economia do Chile tenha se mantido mais forte que outras economias da região e o mercado de Cosméticos e Higiene Pessoal tenha tido um ano positivo em 2016, dados do Euromonitor apontam para um crescimento limitado do setor no país, pela desaceleração em geral no crescimento.

Com a economia aquecida, os produtos Premium continuam ganhando terreno entre os consumidores, com marcas ampliando suas linhas e procurando cativar indivíduos com produtos multibenefícios. Entretanto, à medida que a economia continua a diminuir a velocidade, os consumidores veem nos produtos premium uma forma de autocuidado e produtos que dão status, aumentando a disposição para gastos maiores em nome da boa qualidade. Os produtos Premium também apresentaram bom impulso na expansão da venda online, que permite aos consumidores examinar o catálogo completo e acesso a promoções exclusivas.
Os novos produtos lançados em 2016 foram dominados pela especificação, múltiplos benefícios e a mudança para ingredientes e embalagens mais naturais.

As multinacionais continuam a liderar beleza e cuidados pessoais em termos de vendas em volume e valor, investem em inovação e lançamento de novos produtos. O bom desempenho dessas marcas conhecidas abriu espaços para a chegada contínua de marcas internacionais.

As marcas domésticas continuarão a expandir seus catálogos oferecidos no Chile, trazendo produtos com bons resultados em outros mercados para o consumidor chileno. Uma grande parte desta estratégia é impulsionada por consumidores que se familiarizam com os produtos oferecidos internacionalmente através das mídias sociais e que respondem positivamente quando estão disponíveis. Exemplos podem ser encontrados nos lançamentos de marcas como Urban Decay, NYX e Aveeno Active Naturals, que ocupam vários pontos de preço.

COLÔMBIA

A economia lenta continua a limitar o crescimento, assim, o foco passa a ser as exportações. A economia colombiana apresentou um desempenho pior do que o esperado em 2016, com inflação descontrolada, reforma tributária, taxas de juros mais altas, entre outros fatores, restringindo o consumo. No entanto, as principais empresas de beleza e cuidados pessoais procuraram oportunidades para expandir seus centros de produção e distribuição. Além disso, novos concorrentes também entraram no mercado, o que impulsionou um movimento de exportação.

O Euromonitor aponta uma preocupação crescente no mercado colombiano com câncer de pele e as empresas estão apresentando produtos que oferecem uma maior variedade de benefícios de cuidados com a pele e com o sol, que incluem ingredientes melhorados para maior proteção em cuidados bucais e componentes mais naturais, como aditivos, aromas e ingredientes ativos que proporcionem mais benefícios aos consumidores.

O desafio para as empresas tem sido responder às mudanças nas tendências da demanda do consumidor e oferecer produtos na quantidade e tipo de apresentação desejada. Em termos de apresentação, apontam os analistas da Euromonitor, os produtos em diferentes categorias estão oferecendo uma variedade de tamanhos e embalagens, dependendo do canal e do comportamento de compra.

As empresas se concentram em novos desenvolvimentos conceituais interessantes e inovações foram recentemente introduzidas em diferentes áreas de beleza e cuidados pessoais. A migração de sólidos para líquidos e embalagens recarregáveis personalizadas também ajudaram a aumentar as vendas.
A dinâmica do consumo local continuará a crescer com a inclusão de diversos desenvolvimentos de produtos, abrindo oportunidades para as empresas nacionais em geral, para as empresas internacionais formar parcerias com os players locais e para os distribuidores diversificar sua oferta através de diferentes canais.

MÉXICO

Em 2016, beleza e cuidados pessoais no México apresentaram dinamismo, registrando um alto aumento de valor de um dígito. Os drivers de crescimento incluíam inovação, campanhas de marketing, maior penetração de categorias menores e consumidores negociando produtos mais sofisticados.

Em 2016, a venda direta atingiu um crescimento de um único dígito em termos de valor atual. Seu crescimento decorreu do desempenho saudável de empresas como Mary Kay Cosméticos de México, Oriflame de México, Natura Cosméticos México. As empresas de vendas diretas que tiveram bom desempenho em 2016 foram extremamente ativas em termos de inovação, campanhas de marketing e incentivos de representantes de vendas.

Mas a Colgate-Palmolive de México é quem liderou beleza e cuidados pessoais em 2016. A empresa está presente em cuidados pessoais, fragrâncias e produtos infantis e para crianças.
Em 2016, as empresas líderes foram ativas em termos de inovação. O novo desenvolvimento de produtos incluiu extensões de linha de marcas já reconhecidas, fabricantes que entram em novas categorias, novas versões com ingredientes naturais associados aos benefícios do cuidado da pele, novos formatos e formulações melhoradas para se diferenciarem dos concorrentes.

A beleza e os cuidados pessoais deverão registar um CAGR com um único dígito a preços constantes de 2016 durante o período de previsão. Os cuidados com o sol, conjuntos / kits e fragrâncias são previsões para ser as categorias de crescimento mais rápido em termos de valor. Um mercado avaliado em US$8,4 bilhões em 2016, que deverá atingir os US$9,7 bi até 2021, representando um CAGR de 3%.