Hombre hair – Estilo de mechas feitas em dégradée, do meio para as pontas.
Morena Iluminada – claramente sutil. O formato de mechas vai de acordo com o tipo de cabelo. É dois tons mais claros que a base natural.
Reflexo tradicional ou Reflexos desde a raiz – Mechas feitas da raiz às pontas com a cor uniforme.
Esfumar ou apagar desde a raiz – Formato de mechas tradicionais ou não, com a raiz tonalizada com a cor intermediária, a cor natural do cabelo e das mechas.
Hair contour – mechas localizadas na frente do cabelo e nas laterais, que transmite luminosidade para toda a cabeleira e algumas pontas mais claras também.

Essas técnicas de coloração são bastante conhecidas em qualquer salão. Elas são cada vez mais requisitadas, principalmente pelas mulheres, mas é bastante comum encontrar na rua ou mesmo entre vendedores de lojas (de iluminação a lojas de moda) rapazes que optam por um look diferente e ‘personal’.

Há variações e invenções todos os dias, dependendo da técnica, da criatividade e do profissionalismo do colorista, que pode criar na hora uma maneira de esconder um reflexo muito claro, ou muito dividido, sem a sutileza do iluminado mais natural.

“A mulher da caixinha não existe mais, o monocromático não existe mais. As marcas de coloração precisam se reinventar. Elas precisam de efeito e técnica para que possam ter os cabelos menos chapados”, aponta Eron Araújo, hairstylist e colorista requisitado do salão de mesmo nome nos Jardins, em São Paulo.

Para ele, mesmo as louras precisam que sejam criados efeitos que deixem seus cabelos com uma aparência mais saudável e que a coloração tenha durabilidade. “O que fazemos é criar uma cor intermediária, entre o natural dela e a cor que ela escolheu. Então quando isso acontece, você está criando um caminho para que a coloração desse cabelo dure de 2 a 3 meses e, consequentemente permita que o cabelo passe por menos química, se torne mais saudável, com menos queda e menos quebra.”

“Conseguimos abrir as mechas com diversas nuances, até porque geralmente a parte de fora dos fios (exposta ao sol etc), já tende a ser mais clara, então as mechas clareiam com mais facilidade. Por isso, muitas vezes usando o mesmo produto, ele ficará mais claro nestas áreas. Na parte de dentro do cabelo, a coloração tende a ficar mais fechada. Também consigo modificar a tonalidade pela “volumagem” do oxidante. Com o mesmo produto, como o blondor, usar com um oxidante de 20 volumes ou o de 40. O de 40 vai revelar uma mecha muito mais clara do que a de 20,” explica a colorista Gabriela Balan, do TP Beauty Lounge (RJ).

O que se vê na verdade é que os salões estão abarrotados de clientes querendo um look mais iluminado, a cor dos cabelos meio queimada, menos chapada. Sejam salões de shopping centers, luxuosos ou mais simples de bairros, quase todas as mulheres estão optando por um cabelo mais mexido, com tonalidades diversas que acabam dando uma aparência de quem tomou sol e o cabelo ficou assim… natural.

Buscar naturalidade, independente da técnica, mas da própria mulher. É ela que deve estar atenta às tendências. O mundo todo fala em tudo mais natural – de cabelos a formulações. Estamos em meio a era dos orgânicos, veganos, reciclados, recicláveis… o natural é tendência em todo o mundo e para tudo. Sendo assim, colorações com muita química espantam.

As mulheres buscam por produtos que contenham o mínimo possível de química, apenas o necessário para operacionalizar o que buscam, o restante deve ser em ativos naturais, que tratem os cabelos e os deixem brilhantes e saudáveis. A durabilidade é um aditivo também bastante desejável. Ou seja, a busca é por criatividade, inovação e eficiência.

“A mulher de hoje não tem mais tempo para retocar os cabelos a cada 15 dias. Isso não existe mais,” avalia Eron. “Precisamos criar colorações que atribuam saúde, com efeito bonito e natural, sobretudo prática, para que a mulher não fique escrava de retoques.”

As mulheres mais jovens já experimentaram praticamente todas essas técnicas, mas são as mulheres acima dos 50 anos que são mais assíduas nos salões. São elas que têm favorecido novas técnicas de coloração em busca de uma aparência mais jovial e natural, com cabelos mais claros ou iluminados, mesmo que sejam morenas, já que há uma técnica para se conseguir o desejo de beleza de cada mulher.

“A mulher está vivendo hoje um momento muito libertador. “Elas assumem os cabelos brancos a despeito de se parecerem mais velhas ou não. Qualquer look está valendo, desde que os cabelos estejam bonitos e bem tratados. No entanto, as mulheres que tingem os cabelos, não gostam de viver dentro do salão e não querem judiar dos cabelos,” afirma Eron.

As mulheres acima dos 50 anos na verdade estão passando por um momento delicado, não apenas na aparência. Com o surgimento da menopausa, há a diminuição dos hormônios, dos estrógenos, o que interfere no ciclo capilar. Ele se torna menor, comprometendo inclusive a hidratação natural.

“O que acontece, de acordo com a Dra. Marcela Buchaim, farmacêutica bioquímica especializada em tricologia, do Buchaim SPA personalizado, é que a produção do sebo capilar vai ressecando um pouco mais e a hidratação natural do fio diminui, uma vez que a glândula sebácea é acoplada ao folículo piloso e é ela que faz essa lubrificação. A última camada do fio, que chamamos de camada lipídica, fica comprometida. Então se o fio não tem a hidratação natural e o cabelo passa por um processo químico agressivo, como o reflexo, que precisa ter um PH muito alto, há uma retirada da camada lipídica do fio. O cabelo fica mais rígido, não tem emoliência, explica.”

Ainda de acordo com a tricologista, quando aumentam esses reflexos, a produção dos aminoácidos a nível capilar vai diminuindo, porque o seu metabolismo vai ficando diminuído. “A absorção dos nutrientes dos alimentos diminui. Em decorrência disso, há uma perda de ativos essenciais para a formação dessa fibra capilar. É preciso repor esses aminoácidos para evitar o afinamento do fio e sua quebra mais frequente.”

O cuidado e o tratamento desses cabelos passa pelos aminoácidos. “Eu preciso trabalhar com esses aminoácidos, sais minerais. São fórmulas personalizadas que vou aplicando, tanto no couro cabeludo – dependendo da tricoscopia que eu faço – quanto no fio quando você tem um corte químico, causado por um alto Ph, em decorrência essas colorações.

Depois dos tonalizantes sem amônia, mas não permanentes, surgem aos poucos, tanto e alguns países e no Brasil também, algumas colorações de apelo orgânico. A henna é uma alternativa natural, mas de pouca durabilidade, pois ela é à base de pigmentos que são depositados sobre a cutícula. Para tingir os cabelos é preciso entrar no córtex, que é a massa capilar, provocando a descoloração do pigmento natural, a melanina.

“Então, isso com certeza não é todo orgânico que faz, porque é preciso usar Phs diferentes para penetrar no córtex e fazer uma reação química chamada de oxido redução. No entanto há marcas como a Keune, que utiliza ativos naturais de plantas, mas ela utiliza a monetanolamina, que é uma solução básica para fazer essa abertura da cutícula para penetrar a coloração. Aí é que a gente começa a falar de coloração permanente e não coloração semi-permanente, os tonalizantes,” diz a Dra. Buchaim.

 

Produtos:

O que encontramos no país são produtos que ajudam a tratar os cabelos que receberam as mais diversas técnicas de coloração e precisam de maior hidratação.

A Colorista Gabriela Balan, usa Velaplex, que protege o fio e é um tratamento antes, durante e depois da coloração. Ela garante que existem tratamentos de reconstrução para hidratar qualquer tipo de fio, seja colorido, descolorido ou alisado.

Marrocanoil

O lançamento Morrocanoil Infusão Reparadora de Pontas, da Marrocan Oil que atua como um modelador instantâneo para os fios recuperando a aparência das pontas secas e quebradiças, deixando um aspecto saudável. ( R$ 249,00)

NaturaLumina
Lumina, a nova marca de tratamento para cabelos da Natura, com tecnologia desenvolvida a partir da biomimética e com biotecnologia, proporciona tratamento capilar de precisão, na medida certa para cada dano dos fios e com resultados desde a primeira aplicação. A linha Reconstrução é para danos extremos aos fios. Recupera a textura uniforme , reduz pontas duplas e a quebra.

Bumble

Shampoo Bumble and bumble Color Minded, é um xampu ultra suave, desenvolvido especialmente para cabelos coloridos e descoloridos, ajuda a limpar os fios e couro cabeludo preservando a cor e o brilho. O condicionador limpa, hidrata levemente e garante volume e maciez aos cabelos. Sua fórmula traz uma  combinação entre o Pantenol e polímeros que garantem volume, corpo e hidratação aos cabelos. Desenvolvido especialmente para os fios coloridos, seu uso devolve ao cabelo hidratação e maciez, além de não conter parabenos, ftalatos, óleos minerais e formaldeído em sua composição.

 

A Galena traz ao país Nutrosa® , um silício líquido inteligente, que colabora para nutrição dos fios. Fornece ao organismo a suplementação de ácido ortossilícico. Promove a síntese do colágeno, elastina e queratina. Proporcionando força, elasticidade, resistência e volume no cabelo. É um complexo formado entre o ácido ortossilícico na sua forma altamente biodisponível estabilizado em colina e responsável por aumentar a síntese das chamadas “proteínas da beleza”: colágeno, queratina e elastina, proporcionando melhora da pele, cabelo e unha. Além de contribuir para aumentar a síntese e estabilizar os glicosaminoglicanos.