BASF Care Creations®  e o CTIBIOTECH – Instituto de Pesquisa de Terapia Celular – anunciaram o desenvolvimento dos primeiros modelos de pele bioimpressos em 3D, incluindo macrófagos imunes. Os modelos de tecido reconstruído servirão de base para o desenvolvimento e teste de bioativos para aplicações de cuidados com a pele.

O uso da tecnologia de bioimpressão 3D do CTIBiotech permitirá que os cientistas da BASF expandam seu portfólio de modelo de pele bioimpresso em 3D. A tecnologia oferecerá uma poderosa plataforma para os pesquisadores de cuidados com a pele que querem estudar a função dos macrófagos em uma pele totalmente reconstruída.

Os macrófagos monitoram constantemente o microambiente da pele, em busca de sinais de estresse celular, lesão do tecido ou infecção. Eles são essenciais para fechar feridas e regenerar totalmente o tecido. Para manter a homeostase da pele, os macrófagos têm alto grau de plasticidade que promove ou suprime a inflamação.

“Em comparação aos métodos in vitro, a pele imune bioimpressa em 3D desenvolvida pelo CTIBiotech permitirá uma análise mais de acordo com a fisiologia humana e a função imune dos macrófagos”, afirma Sébastien Cadau, especialista em engenharia de tecido 3D na BASF. “É assim que a tecnologia nos ajudará a acelerar o desenvolvimento de ingredientes inovadores e altamente confiáveis para o mercado de cuidados com a pele. Nosso entendimento de uma pele 3D imunocompetente embasará o desenvolvimento e teste de bioativos cosméticos avançados para aplicações de cuidados com a pele”.

A BASF e o CTIBiotech deram início à cooperação ainda em 2011. Em 2015, os parceiros de pesquisa começaram a trabalhar com modelos de tecido 3D para o desenvolvimento e teste de bioativos para aplicações de cuidados com a pele. Em 2018 eles divulgaram os primeiros resultados: os peritos mostraram tanto a produção ex vivo de gordura fisiológica em uma cultura de longo prazo de um modelo 3D de glândula sebácea humana, como a regulação dessa produção de gordura por meio de ingredientes ativos.

“O CTIBiotech e a BASF têm uma longa história de colaboração em modelos inovadores de pele humana para cuidados avançados com a pele humana”, considera Colin McGUCKIN, Diretor Científico Chefe no CTIBiotech. “O CTIBiotech conta com uma equipe de peritos em engenharia de tecido humano com tecnologia de Bioimpressão 3D, do mundo todo, que fortalecerá o sucesso dessa parceria também no futuro”.