A BASF, fornecedora de ingredientes aromáticos sintéticos, anuncia a entrada no mercado de ingredientes naturais para a composição de Aromas e Fragrâncias com a aquisição da Isobionics, empresa holandesa de biotecnologia que desenvolve e produz uma ampla gama de ingredientes naturais para o mercado de Aromas e Fragrâncias, com foco em componentes de óleos cítricos como o nootkatone e o valencene. A BASF firmou ainda um acordo de cooperação com a Conagen, empresa de pesquisa biotecnológica, com a qual poderá atender o mercado com a vanilina natural, um dos ingredientes aromáticos com maior demanda de mercado.

O movimento sinaliza o objetivo da BASF de avançar em tecnologia de ingredientes aromáticos com base na biotecnologia, combinando sua própria excelência em Pesquisa & Desenvolvimento e o amplo acesso ao mercado com o know-how e a expertise da Isobionics e da Conagen.

Melanie Maas-Brunner, líder da divisão de Nutrição e Saúde da BASF diz: “Como reflexo do potencial de mudança dos hábitos dos consumidores e a escassez de ingredientes naturais, o fortalecimento de nossa pegada biotecnológica tem um papel central na estratégia da BASF.

“A indústria de Aromas e Fragrâncias vivencia uma demanda crescente por ingredientes naturais”, afirma Julia Raquet, vice-presidente Global do negócio de Ingredientes Aromáticos da BASF.”

“No entanto, a variação de qualidade, disponibilidade e sustentabilidade das matérias-primas naturais são um desafio constante para os nossos clientes. Ao entrar no mercado com ingredientes aromáticos biotecnológicos, pretendemos oferecer aos nossos clientes produtos de alta qualidade, que respondam aos desafios atuais de mercado”.
A Isobionics e todos seus colaboradores farão parte do negócio de Ingredientes Aromáticos da BASF.

A vanilina natural que a BASF comercializará inicialmente é produzida com ácido ferúlico do arroz e, portanto, chamada de Vanilina Natural F. Com sua característica de vanilina limpa, é ideal para todas as aplicações aromáticas, como chocolate, morango e caramelo.

A Conagen apresenta fortes competências em P&D e comercialização de ingredientes fermentados. A fermentação é uma técnica cultural antiga, bem estabelecida para processos na fabricação de cervejas e para a produção de pães. Ela usa microrganismos como, por exemplo, bactérias ou fungos para converter uma substância em outra.