Citratus, empresa de fragrâncias adquirida em 2018 pela Symrise, uma das líderes globais em fragrâncias, com presença em 40 países, inaugurou ontem em sua unidade fabril da cidade de Vinhedo, interior de São Paulo, as operações da primeira Dosadora Duplex da marca alemã Fricke no país.

O maquinário, cuja aquisição e instalação demandaram investimento de 1 milhão de Euros, é específico para a indústria de fragrâncias e aromas e se caracteriza por ser totalmente automático e permitir produções em pequena escala de até 30 litros, assim como lotes maiores, de até 600 litros, atingindo até 1.680 litros por ciclo.

Com o novo equipamento exclusivo em operação, a Citratus prevê aumento de receita com foco nos pequenos e médios clientes.

Além de oferecer maior customização produtiva, o equipamento é capaz de produzir fórmulas mais complexas, graças ao sistema automatizado que possibilita sua operação por 24 horas nos 7 dias da semana. O desempenho permitirá a expansão do atendimento comercial da empresa, com o atendimento à empresas menores que demandem atendimento customizado e adequado às suas necessidades.

Ricardo Patrocínio, President Consumer Fragrances Latam da Symrise, disse na inauguração: “Estamos presentes e investindo continuamente no mercado brasileiro, focando em um crescimento estratégico para a Citratus”.

“Este novo investimento aumenta a nossa capacidade produtiva, nos estimula a projetar planos mais agressivos para o próximo ano”.

Comparando com o processo manual de dosagem, a Duplex é capaz de entregar fórmulas com precisão comparada à das balanças milesimais semi-analíticas, proporcionando em lotes menores, de até 60 litros, precisão de 0,015g, e, em lotes de 0 a 600 litros, de 1g.

O software próprio, de fácil programação, permite total rastreabilidade das quantidades de matérias-primas dosadas, garantindo redução de erro humano e aumento da qualidade final do produto.

A Dosadora Duplex exige menor espaço físico para fabricação, graças ao seu projeto inteligente de execução e armazenagem, favorecendo a utilização otimizada de recursos como energia e água quando comparados ao processo manual de dosagem. Sua capacidade de distribuir simultaneamente as matérias-primas permite que mais fórmulas sejam produzidas em menor tempo, otimizando o gasto de energia.