Desde o dia 10 está em desenvolvimento e prossegue até o dia 19 de Julho em Nova Iorque, o Fórum de Alto Nível de Desenvolvimento Sustentável, um dos maiores eventos de sustentabilidade do mundo, debatendo a Agenda para o os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável com todos os Estados Membros da ONU e das agências especializadas – totalizando 44 nações.

O Brasil está representado por uma comitiva do Internacional Chambre of Commerce (ICC), para apresentar os progressos do setor privado brasileiro na implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (SDGs). Entre esses progressos estão as iniciativas empresariais que atendem a pelo menos um dos 17 SDGs, as empresas que incorporaram os SDGs em suas estratégias corporativas e exemplos de parcerias público-privada (PPPs) de sucesso.

Entre as instituições brasileiras a se apresentarem está o Grupo Boticário, com a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, uma instituição sem fins lucrativos que promove e realiza no País ações de conservação da natureza, incluindo a disseminação de conhecimento e do apoio a projetos de outras instituições. Desde 1990, a entidade já apoiou 1.510 projetos de 501 instituições em todo o Brasil.

Bianca Brasil, responsável por relações institucionais na Fundação, apresentou ontem e apresentará hoje, durante os debates do SDG Business Forum, as iniciativas e informações das duas reservas naturais mantidas pela organização: a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado; dois dos biomas mais ameaçados do País. Outra ação de destaque da organização é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, denominado Oásis.

“Para a Fundação, é uma honra participar desse evento, tão importante quanto mostrar o nosso trabalho, será mostrar que, cada vez mais, as empresas estão ampliando esforços para inserir a agenda de desenvolvimento sustentável em suas operações e estratégias. Esse movimento permite que o setor privado passe a ser parte da solução; e o saldo dessa equação para a conservação da natureza e para a sociedade é muito positivo”, analisa Bianca.

Todas essas práticas fazem parte do objetivo 15 dos SDGs (https://sustainabledevelopment.un.org/sdg15), que é relacionado à proteção dos ambientes naturais. Mais informações sobre o evento: https://sustainabledevelopment.un.org/