O grupo francês Yves Rocher adquiriu no final de dezembro a fabricante israelense de produtos para corpo e banho, além de aromatizadores para ambientes Sabon, que opera 175 lojas em todo o mundo. A Sabon, que foi fundada em 1997, é conhecida por seus sabonetes artesanais e tem forte presença em Israel, Japão e Estados Unidos. Com a conclusão da aquisição, Sabon junta extenso portfólio de marca global do Groupe Rocher. O movimento é parte da estratégia de Yves Rocher para crescer o seu negócio fora da Europa. A empresa esteve presente no Brasil, mas encerrou suas atividades  na mesma década de 90, para retornar em maio de 2014 com um e-commerce. Hoje hoje tem 5 lojas próprias nas principais capitais do país.

O Grupo Rocher deve comprar no futuro o controle total da Sabon, é de propriedade da família Rocher (97%). É responsável por todas as fases da cadeia de valor (desenvolvimento, produção, logística, distribuição e vendas). Tem oito marcas de beleza e estilo de vida para as mulheres, principalmente Yves Rocher e Petit Bateau. Suas vendas totalizaram mais de € 2 bilhões em 2015. Tem uma presença significativa em 20 países, especialmente no segmento cosmético.

Os proprietários da Sabon, Sigal Kotler-Levy e Avi Piatok disseram ao Globes [online], Israel business news: “Groupe Rocher é um parceiro estratégico ideal para a nossa empresa, e temos a certeza de que a experiência do grupo em uma ampla gama de tópicos irá contribuir para o nosso profissionalismo como uma empresa e ajudar Sabon crescer mais rápido no mundo todo.”

Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados, mas o Grupo Rocher está comprando pelo menos 51% da Sabon, com um valor estimado pela empresa  em NIS 500 milhões (NIS – moeda hebraica), o que significa que cada um dos fundadores receberão NIS 125 milhões.