Em sequência à série de 5 entrevistas com perfumistas que o cosméticos br vem publicando desde fevereiro sobre a arte e sensibilidade que são inerentes à criação de uma fragrância, publicamos esta última entrevista com a perfumista sênior da GivaudanMarion Costero, que desenvolveu várias criações de perfumes da Belcorp (L´Ebel, Ésika), Avon e das brasileiras Natura, O Boticário. Trabalhou na IFF de Paris e de Nova York.

A série propõe vários cheiros e sensações que gostaríamos que lhes acrescentassem um novo olhar em relação à percepção das essências.

Veronica Kato – perfumista da Natura: Tradutora de sensações
13/03/2015
Maestro das notas olfativas – Cesar Veiga
06/03/2015
Cheiros e Sensações – Philippe Roques
02/03/2015
A emoção que vem dos cheiros – Napoleão Bastos
15/02/2015


 
– como transmitir um cheiro de frescor depois da chuva?

Para mim um cheiro de casa, é um cheiro aconchegante, um pouco regressivo, e indulgente. As notas que transmitem mais esta idea são notas balsâmicas, como o Benjoim do Laos, que tem um lado levemente gourmand, de doce de leite ou leite quente, e ao mesmo tempo é muito confortável, cocooning.

– um cheiro de casa, ou de cozinha, para um briefing de perfumaria

Para mim um cheiro de casa, é um cheiro aconchegante, um pouco regressivo, e indulgente. As notas que transmitem mais esta idea são notas balsâmicas, como o Benzoin do Laos, que tem um lado levemente gourmand doce de leite ou leite quente, e ao mesmo tempo é muito confortável, cocooning.

– um cheiro de aconchego

Para mim o cheiro de aconchego está muito relacionado com comida. Na minha família, cozinhar é uma prova de amor e de ser bem-vindo. O cheiro do pão no forno ou de bolo é um cheiro típico do aconchego. Em perfumaria, temos algumas matérias primas que remetem a isso como Gingerbread absolu (seria um extrato de bolo da Índia, com cheiro de especiarias).

– um cheiro de balada e gente descolada

A balada é a hora da sedução, por isso para mim o cheiro da balada deve ser sensual e sedutora, o primeiro ingrediente que me vem à mente é a Vanilla absolute, mas precisa ser contrastada com notas frescas e alegres como Mandarina ou frutas. Uma das minhas frutas favoritas é a Framboesa, e acho que se aplica muito bem pelo lado fresco azedinho e ao mesmo tempo aveludado e sensual.

– um cheiro de homem limpo e fresco: alguém bem sucedido

Um cheiro de homem limpo e bem sucedido é um cheiro fresco, mais aromático ou especiado, com o frescor como do gengibre ou cardamomo, um perfume que não sobressaia demais, mas que o faça sentir-se bem, autoconfiante. Precisa também, para mim, um contrate de madeira, como vetiver, para ressaltar o lado fresco.

– um cheiro de uma lembrança boa  – uma saudade

O primeiro cheiro de uma lembrança boa que me vem à cabeça é o cheiro do jardim da minha tia avó, onde passava todas as minhas férias de verão, quando era criança. Ela tinha uma casa na Provence, na França, onde crescem os aromatico selvagens como tomilho, lavanda selvagem, oregano. Este jardim era nosso lugar de brincar.

– um cheiro de uma garota levada, curiosa, mochileira

Esta garota está curiosa e não gosta de usar o perfume de todo o mundo. Ela tem um perfume que não a deixa passar indiferente. Vejo uma fragrância de madeira fresca,  como o Vetiver Haiti,  com uma flor transparente e um pouco frutada,  como a Magnolia,  porque mesmo sendo mochileira ela fica muito feminina. Ela precisa também de frescor para a liberdade. Usaria uma nota de vento.

– e um cheiro de namoro (de uma faixa etária de 30 a 60)

Um cheiro de namoro seria um perfume simples, como um soliflor (ou um cheiro de uma única flor) de rosa da Turquia com muitas surpresas, toquezinhos de champanhe, de pérola e talvez de diamante, e um toque de gourmand para dar vontade de voltar a cheirar.