1 – Como a empresa vem se posicionando corporativamente para trazer praticamente uma nova tecnologia em sampling por ano desde o ano 2000?

A Adhespack nasceu criativa e busca o aperfeiçoamento. Assim, realmente todo ano a Adhespack tem o compromisso de trazer uma novidade para o mercado. A empresa esteve à frente de muitos projetos diferenciados desenvolvidos em parceria com agências de publicidade. Seus fundadores sempre participaram desse ambiente criativo e dinâmico e trouxeram e incorporaram essa filosofia para o dia a dia da empresa. Tornou-se cultura e rotina entre os colaboradores a atenção permanente ao mercado para identificar novas oportunidades e encontrar maneiras criativas de viabilizar novas ferramentas de amostragem com qualidade e que tragam algum tipo interatividade.

 

2- A ideia do marketing interativo atende a quais áreas precisamente?

O marketing interativo atende a qualquer mercado, já fizemos ações interativas para diversos setores, incluindo automobilismo e eletroeletrônico. Hoje cerca de 90% do volume de nosso trabalho está focado no setor cosmético –  de amostras convencionais como sachês, flaconetes e bisnagas, a cartuchos e berços, passando por amostras planas que contemplam as etiquetas com fragrâncias e suas diversas variações: transparentes, com impressão, dupla (um perfume de cada lado), com gel, com pó, com pastosos ou com cremes.

 

3 – A participação em feiras do setor traz resultado em crescimento? De quanto ao ano em média?

Todos os anos  participamos como expositores de pelo menos quatro grandes feiras do setor, a FCE Cosmetique, a in-cosmetics, a PCD Paris e a Luxe Pack Monaco, além de outros workshops e eventos nacionais promovidos pelas associações do setor. As feiras tem sido uma estratégia importante para nos manter a frente de nossos concorrentes, para divulgarmos lançamentos e linha de produtos… Além de conhecer empresas que possam agregar valor aos nossos negócios. Temos mantido um crescimento de dois dígitos ao  ano.

 

4 – O que a Adhespack apresentou na Luxe Pack Monaco?

Neste ano lançamos  as tecnologias Self Sampling® Connect e o Self Sampling® Data. O Self Sampling®, criado e patenteado mundialmente pela Adhespack é um sistema de autoatendimento para distribuição de amostras de perfumes e maquiagens. Quando o cliente toca na tela touchscreen o equipamento dispensa uma amostra. Na feira apresentamos as novas versões que passaram a ter conectividade Wi-Fi e 4G. Agora os equipamentos estão conectados na nuvem possibilitando o acompanhamento da campanha em tempo real. Conseguimos saber online quantas amostras cada Self Sampling® está dispensando para podemos mapear a melhor loja, o produto mais requisitado, entre outras informações como a geolocalização.

 

5 – A empresa tem uma aposta forte em interatividade e dispositivos eletrônicos para comunicar fragrâncias…

Cada vez mais os profissionais optarão por utilizar soluções interativas, seja pelo estímulo do tato, do olfato ou de qualquer outra forma que desperte a atenção do consumidor e faça com que ele entenda melhor o produto.

 

6 – Vocês diriam então que as tecnologias em amostragem são uma tendência em comunicação de produto?

A tendência é de cada vez mais as marcas procurarem inovar na forma de se comunicar com os seus consumidores através de novas tecnologias em amostragem. Porque a amostragem desperta diversas sensações nos consumidores, de forma mais rápida do que a imagem isolada. Sem dúvida um catálogo, uma revista, um folheto ou card com a fragrância ou dose única do produto em questão impacta muito mais o do que um material sem a amostragem. No momento em que conhecem a fragrância mergulham no universo da marca.

 

7 – Como funciona essa relação de produto/amostragem?

São super econômicas, com 1kg de óleo é possível a confecção de aproximadamente 200.000 amostras. Utilizadas no equipamento Self Sampling® ainda substituem os testers, mais caros, além do custo com promotores de venda. Sobretudo, nossas tecnologias são sustentáveis. No caso do Self Sampling® por exemplo, reduzimos o uso de flaconetes e substituímos as tiras olfativas por amostras que podem ser utilizadas diversas vezes.

 

 

8 – A Adhespeck exporta suas tecnologias?

Sim, para o México, Peru, Colômbia, França, Espanha, Reino Unido, etc.
Temos atuação em mostras no exterior há 4 anos. Participamos individualmente ou com parcerias na TFWA em Cannes Cosmoprof em Bolonha entre outras. Estamos exportando tecnologia em amostragem para perfumes, loções e cremes para grandes marcas como Puig e Dior, para quem tivemos equipamentos espalhados pela Europa e Japão.

 


9 – O que leva a criações de marketing interativo?  Necessidades específicas ou as criações surgem no desenvolvimento criativo?

Hoje a Adhespack é um grupo que oferece soluções full service, com a área de amostragens (Adhespack Creative Sampling),  terceirização de cosméticos (SkinLab) e serviços gráficos para cartuchos e berços (Adhespack Gráfica). As três unidades seguem basicamente dois caminhos. O primeiro deles é quando o  cliente tem uma necessidade específica e para atendê-lo desenvolvemos uma solução personalizada. O outro caminho é quando nossa equipe de inovação viabiliza um novo processo e apresenta para os clientes. É importante, demonstrarmos os processos já existentes e reforçar a potencialidade da utilização desses recursos. Sempre buscamos formas diferenciadas de aproximar marcas x público alvo e concretizar as mais variadas ideias dos nossos clientes.

 


10 – Vocês diriam que as criações como o Digital Sampling® vieram para ficar? 

Digital Sampling® lançado por nós há alguns anos hoje vem sendo utilizada em diversos setores, inclusive em embalagens e rótulos por outras empresas. É uma tecnologia já consagrada no mercado, que continuaremos utilizando em nossas ferramentas, sempre que uma marca precisar levar conteúdos extras ao consumidor por meio de realidade aumentada, vídeos ou mesmo para redirecioná-lo para o e-commerce do produto. As amostras veiculadas no Self Sampling® normalmente trazem essa tecnologia.

 


11 – A interatividade funciona melhor para venda direta? Como levar o Self Sampling® para revendedores e clientes?

Quando o consumidor pode sentir a fragrância e a textura ou a cor real do produto o impacto nas vendas é muito maior. Nossas tecnologias podem ser aplicadas em cada situação específica. Para venda direta indicamos o Scent Chart que é uma cartela serrilhada com até seis amostras, de um ou de seis produtos, na frente temos a amostragem e no verso campos que, preenchidos, tornam-se o cartão de visitas da consultora. O Self Sampling é mais indicado para PDVs ou para locais de grande passagem como corredores de shoppings, aeroportos, eventos, enfim locais de circulação de pessoas.

 


12 – Qual é a tecnologia mais recente da empresa?

A tecnologia mais recente é o Scent Duo®, uma alternativa mais barata e mais sustentável comparada aos cartões com flaconetes. Além de não vazar, não estourar, não ter volume, o que facilita o envio pelo Correio e a colagem em revistas e catálogos. Ela permite que o consumidor sinta a fragrância e ainda transfira o produto para a pele. Podem ser confeccionados com amostra de perfumes, cremes, loções, batons, bases e sombras. É compatível com o Self Sampling® podendo ser distribuído automaticamente no ponto de venda.