A L’Oréal registrou queda de 0,9% nas vendas no terceiro trimestre de 2017 para € 6,097 bilhões, embora em termos comparáveis, as vendas aumentaram 5,1%. A empresa destacou o forte desempenho da divisão Luxo, que registrou um aumento de 8,9% nas vendas de o terceiro trimestre (+ 11,2% like-for-like – com base em uma estrutura comparável e taxas de câmbio constantes) a € 2,02 bilhões.

A divisão foi conduzida por suas quatro marcas principais: Lancôme, Yves Saint Laurent, Giorgio Armani e Kiehl’s, também como pelo crescimento de sua recente aquisição, TI Cosméticos. A divisão de cosméticos ativos também viu um forte crescimento com vendas 11,7% a 475,7 milhões de euros (+ 6,2% like-for-like).

A Divisão de Produtos de Consumo registrou um crescimento do terceiro trimestre de + 2,3% a favor-para-like, para € 2,82bn e encerrado setembro em + 2,0% a favor-para-like, e + 2,1% com base em números reportados. A Divisão está ganhando participação de mercado na Europa Ocidental, Europa Oriental e América de língua espanhola. Na Ásia, a Divisão acelerou no terceiro trimestre. Nos Estados Unidos, a Divisão enfrentou um mercado particularmente difícil desde o início do ano. No final de setembro, a Divisão de Produtos Profissionais é de -0,3% a favor e -0,6% com base em números reportados, para € 779,3 milhões.

Em termos de região, o presidente da L’Oréal e Jean-Paul Agon sublinhou o forte desempenho da Ásia Pacífico. “O destaque do trimestre é a aceleração de nossas vendas nos Novos Mercados, que apresentaram crescimento de dois dígitos, com fortes desempenhos na Ásia-Pacífico, particularmente na China, mas também na América Latina e Europa Oriental. A Europa Ocidental continua a oferecer uma performance sólida”. A região apresentou aumento de 7,3% nas vendas (+ 14,7% like-for-like) para € 1,42 bilhão.