Hugh Hafner, o fundador do império Playboy, morreu nesta quarta-feira, aos 91 anos, em sua casa em Los Angeles. A morte, de causas naturais, foi informada pela Playboy Enterprises, conglomerado criado a partir da revista de “entretenimento para os homens” fundada pelo empresário americano em 1953.

A revista Playboy de Hugh Hefner foi inovadora ao moldar mudanças na percepção de sexualidade e estilo de vida do século XX. Ficou conhecida pelo seu conteúdo sexualmente explícito, mas também pela publicação de escritores, incluindo Ray Bradbury, Ian Fleming, Joseph Heller, Jack Kerouac e Margaret Atwood.

Durante a vida da Hefner, a marca Playboy expandiu-se para incluir produtos de mídia cinematográfica e impressa, roupas, fragrâncias, jóias e licenciamento de produtos diversos, todos com o logo distintivo da marca – um coelhinho de gravata.PlayboyHollywood

Fragrâncias

A percepção libertária de Hafner em relação ao puritanismo e a sexualidade, incluiu as fragrâncias em seu mundo da sedução e as 61 fragrâncias Playboy tiveram grande sucesso no mundo todo inclusive no Brasil. Foram criadas a partir de 2008 e eram elaboradas, de design elegante, sofisticado e sugestivo. Vincent Kuczinski, em 2008 foi o nariz da primeira fragrância Press to Play Hollywood, uma fragrância oriental amadeirada, dirigida ao mundo das celebridades, cujo conceito era “Algumas pessoas nasceram com sorte!”

Playboy

O design para a fragrância Playboy Men é brincalhão e crível. Lutz Herrmann Design o descreve: “O design do frasco oferece uma ampla superfície e permite que o logotipo Playboy-bunny seja um tipo de ‘buraco da fechadura’ para se olhar uma garota pin-up”.

Playboy10

E as fragrâncias femininas Play It Lovely, Play It Sexy e Play It Spicy, lançadas em 2010 representam passos do jogo feminino da sedução. Play It Lovely criada para a paquera diária, seduz com notas brincalhonas e inocentes. Play It Sexy é descrita como misteriosa e sedutora, com aromas sensuais e sofisticados, para as “noites picantes”. Play It Spicy a mais inusitada das três – é um oriental, floral e quente para mulheres que “sabem como jogar o jogo”

Perguntando em 1992 sobre o que ele se sentia mais orgulhoso, Hefner disse ao New York Times: “Que eu mudei atitudes em relação ao sexo. Que pessoas legais podem viver juntas agora. Que descontaminei a noção de sexo pré-marital. Isso me dá grande satisfação. ”

Hefner fechou os clubes Playboy em 1988, declarando-os “muito mansos para os tempos”, embora ele tenha voltado ao negócio de forma limitada em Las Vegas em 2006.

Em 2015, a Playboy anunciou que não mais publicaria imagens de mulheres totalmente nuas porque essas imagens estavam “ultrapassadas” na era da internet, mas elas retornaram em 2017. “Hoje estamos recuperando nossa identidade e reivindicando quem somos”, disse Hefner na ocasião.

A revista ainda é publicada em mais de 20 países e a Playboy Enterprises apresenta mais de US $ 1 bilhão em vendas anuais de seus ativos de marca registrada.