O Grupo Boticário apresentou ontem sua nova unidade de negócios: a Multi B. de venda de marcas estrangeiras, que vem substituir a Frajo Internacional, importadora comprada há dois anos por Miguel Krigsner e Artur Grynbaumm, respectivamente fundador e CEO do Grupo Boticário. Com o movimento o grupo passou a atuar também no segmento de importados, com as marcas Revlon, Australian Gold, Nuxe, Salvador Dali, Lee Staford e Bio Oil.

A nova unidade de negócios, que também se encarregará da estratégia de distribuição das marcas do grupo no varejo multimarcas estará à cargo de Isabella Wanderley, vice-presidente de Novos Negócios do Grupo Boticário e será dirigida Ricardo Nobre.

Na época o grupo comprou 60% das ações da Frajo, tradicional distribuidora de cosméticos importados, por meio do 2+ Capital, o fundo de investimentos dos sócios e controladores do Grupo Boticário.

No início do ano passado, Miguel e Artur assumiram o restante da participação da Frajo, que pertencia ao empresário norueguês Frank Lund e, depois de um ano de ajustes, o Grupo incorporou formalmente o negócio, que ampliará ainda mais seus canais de distribuição. Hoje estes canais são: mais de 4000 lojas da rede de franquias com as marcas O Boticário, quem disse berenice? e Eudora.  Além das vendas diretas a partir das lojas de franquia de O Boticário e Eudora. The Beauty Box é a loja multimarcas do Grupo, que vende marcas nacionais, internacionais e também e sua marca própria Produtinhos da Beauty.

De acordo com o Grupo, em um primeiro momento, a expansão da nova unidade de negócios estará focada principalmente em redes de varejo farmacêutico e especializado. Mas redes seletivas, como a Sephora e a própria The Beauty Box; além de lojas de departamento como Renner e Riachuelo também estão na mira da empresa, assim como o Travel Retail, operações varejistas de aeroportos.

Para a distribuição dos produtos das marcas do próprio Grupo Boticario, como quem disse berenice? e O Boticário, a nova unidade faz um estudo para evitar a canibalização diante das várias marcas importadas. No caso de quem disse berenice? a distribuição deverá se concentrar em pontos de farmácias e drogarias localizadas em ruas, não em shoppings centers, onde se concentram as lojas da quem disse, berenice?.