Até o final do primeiro semestre deste ano, a Natura terá instalado em sua sede, em Cajamar (SP), 2 mil m² de painéis de Filmes Fotovoltaicos Orgânicos (OPV), terceira geração de células solares capazes de transformar a luz do sol em energia elétrica.

A tecnologia foi desenvolvida pela Sunew, líder mundial na produção de OPV, e a instalação será no Núcleo de Aprendizado Natura (NAN), de arquitetura industrial sustentável.

Quando comparado a outras tecnologias de geração solar, como as que utilizam placas de silício, o OPV é uma alternativa de energia mais eficiente em relação ao impacto ambiental.

Com a instalação, a Natura deixará de emitir 5 toneladas de dióxido de carbono por mês. Isso equivale à emissão produzida pelo consumo de 1.930 litros de gasolina no mesmo período. Além disso, os filmes são feitos de material orgânico não tóxico, com impressão similar à indústria têxtil, e requerem menos energia para serem produzidos. Os filmes têm aplicação mais simples e versátil, por serem mais leves e flexíveis, o que facilita a adaptação às mais diversas superfícies.