Idioma: PortuguêsIdioms: English
   
   
Digite a palavra-chave

     
  MakeUp in Sao Paulo
03/12/2014

Personal Care & Homecare Ingredients (PCHi) Conference
12/03/2015

 
     
  Clique aqui e nos envie um e-mail para receber a nossa E-News.  
     
 








 
 
  Notícias  
 
 

Venda direta fatura R$50 bilhões no Brasil
Nacional - 20/09/2012

Estudo inédito encomendado pela Associação Brasileira de Empresas de Venda Direta (ABEVD) à Fundação Getúlio Vargas (FGV) apurou que o mercado de venda direta no Brasil liderado pela Natura e Avon, movimentou R$ 50 bilhões no Brasil em 2011,  quase o dobro do faturamento de R$ 27,2 bilhões divulgado pela entidade em abril. .  "O mercado era muito maior do que estimávamos", diz Rodolfo Guttilla, presidente da ABEVD.

Com esse valor, o Brasil deve subir no ranking dos maiores mercados do mundo, em que ocupa hoje a quinta colocação, atrás de Estados Unidos, Japão, China e Coreia.

O levantamento, que entrevistou por telefone 2.350 pessoas em 11 Estados de todas as regiões do país, apontou a existência de mais de cem empresas de venda direta e quase 4,2 milhões de revendedores no Brasil. São 1,3 milhão de pessoas a mais do que a associação conhecia.  Na verdade esse estudo envolveu uma pesquisa de campo para contabilizar também as empresas do setor que não estão credenciadas na associação. Guttilla estima que 90% do setor no Brasil atue no segmento de cosméticos.
O lucro médio mensal por revendedor era de R$ 303,43 em 2010 e aumentou para R$ 323,15 no ano passado. Os dados regionais disponíveis, referentes a 2010, mostram que a maior média é verificada na região Norte.

Segundo Fernando Blumenschein, coordenador de projetos da FGV responsável pela pesquisa, essa realidade é explicada pela menor competição, tanto no modelo de venda direta como de outras formas de varejo, e pela menor quantidade de alternativas de trabalho nessa região.

A renda dos revendedores com a atividade (geralmente uma comissão de 30% sobre o valor do produto ao consumidor) totalizou R$ 10,6 bilhões no ano passado. De acordo com o estudo, 43% têm na venda direta sua única fonte de remuneração e 52% trabalham somente com uma empresa do setor.

Fonte: Valor - 20/09/2012


 
 
   
 
Voltar à lista Voltar à front page
 
Busca em Notícias
  Palavra-chave        
 
 
 
  Notícias  
  Ésika busca maior interatividade com as brasileiras
Campanhas - 20/10/2014

Estée Lauder adquire empresa de perfumes de luxo, Le Labo
Internacional - 20/10/2014

Evonik inaugura nova unidade de produção para fabricar ingredientes para as indústrias de cosméticos e cuidados para o lar no Brasil
Nacional - 19/10/2014

Leite de cabra é aposta da produção de cosméticos no Norte do Piauí
Nacional - 13/10/2014

Seda troca embalagens de xampu por bônus para celular
Campanhas - 09/10/2014

 
  Entrevistas
 
  Lucimar Brum, gerente de marketing da Amend Cosmeticos: “Acho que a mulher brasileira tem a impressão que o melhor produto está por vir”...
22/09/2014

Perfumaria - Especialistas falam sobre tendências e os cheiros que o brasileiro ama
28/07/2014

Carla Falcão, especialista em Mídias Sociais: “...é preciso lembrar que a comunicação precisa ser de mão dupla e ter continuidade... é importante humanizar esse contato.”
02/06/2014

 
  Matérias  
  Consumidores assumem o controle já que personalização em beleza cresce
Tendências - 21/10/2014

Polônia avança em seu propósito de exportação de cosméticos
Mercados - 12/10/2014

Os caminhos do Mercado Profissional de cabelos
Mercados - 03/10/2014

 

Envie-nos seu e-mail com comentários, críticas e sugestões.