Idioma: PortuguêsIdioms: English
   
   
Digite a palavra-chave

     
  FCE Cosmetique
12/05/2015

China Beauty Expo 2015
19/05/2015

in-cosmetics Korea
15/06/2015

 
     
  Clique aqui e nos envie um e-mail para receber a nossa E-News.  
     
 








 
 
  Notícias  
 
 

Ipiranga cresce e investe mais ainda no segmento cosmético
Nacional - 24/05/2005

O grupo Ipiranga (petróleo e petroquímica), está investindo cada vez mais na linha de matérias-primas para a indústria de cosméticos.

Através das controladas Ipiranga Química, com sede São Paulo, e EMCA, no pólo de Camaçari (BA), o conglomerado produz, importa e distribui insumos para mais de 500 clientes do segmento no país.

O faturamento do segmento previsto para este ano é de R$ 34 milhões, contra os  quase R$ 29 milhões em 2004 e pouco mais de R$ 20 milhões, em 2003. O valor admite diretor superintendente da Ipiranga Química, Fernando Rafael Abrantes, é pequeno diante do faturamento bruto de R$ 24 bilhões em 2004 de todas as empresas do grupo, mas a empresa só definiu sua participação no segmento cosmético a partir de 2000.

Desde junho de 2002, quando efetivamente começou a distribuir insumos para a esta indústria, a Ipiranga Química ampliou de 14 para 27 o número de fornecedores que a representa no país, entre eles a Ajinomoto Ingredientes Cosméticos, Oxiteno, Granula e Wacker Silicones.

O número de clientes aumentou em proporção semelhante, passando de 190 para 450, incluindo fabricantes e revendedores, relata Abrantes. Conforme o executivo, o segmento de cosméticos representou um faturamento de US$ 5 milhões em 2004, o equivalente a 3,5% da receita da Ipiranga Química no período e 51% acima do ano anterior.

Para este ano, a estimativa é de US$ 7 milhões em vendas, o que representará uma fatia de 4% nos negócios da empresa. "E a meta para 2006 é uma participação mínima de 6%", explica.

O fornecimento de insumos para a indústria de cosméticos levou a Ipiranga Química a reservar um de seus laboratórios para análise das matérias-primas adquiridas pelos clientes. Inaugurado em Guarulhos em junho de 2004, o investimento total foi de R$ 44 milhões.

Adquirida junto com a rede de postos Atlantic, em 1993, a EMCA produz óleo mineral branco e vaselina sólida para 160 indústrias, entre elas Avon, Nívea, Monange, Davene, O Boticário, Johnson & Johnson e Unilever.

No ano passado, o segmento de cosméticos gerou uma receita de R$ 14 milhões, 36% acima de 2003 e o equivalente a 20% do faturamento total da empresa, que também atende setores como têxtil, farmacêutico, de alimentos e plástico.

Para 2005, conforme o gerente geral Nelson Pietrobon, a estimativa é de um crescimento de 12% nas vendas totais da EMCA. As exportações para países como Estados Unidos, Argentina, China, África do Sul e Chile oscilam entre 15% e 20% do faturamento.

Fonte: Valor Econômico - Empresas & Tecnologia

Autor:

 
 
   
 
Voltar à lista Voltar à front page
 
Busca em Notícias
  Palavra-chave        
 
 
 
  Notícias  
  Brasil gera expectativa de US$ 8 milhões em feira de cosméticos em Barcelona
Mercados - 23/04/2015

Jordana Brewster e sua mãe brasileira estrelam campanha da Ponds
Campanhas - 22/04/2015

Máquina da beleza
Estratégia - 22/04/2015

L´Oreal reporta 14% de crescimento em vendas, em todas as divisões e regiões
Internacional - 22/04/2015

Concorrentes preparam propostas para marcas de beleza P & G
Internacional - 22/04/2015

 
  Entrevistas
 
  Anteo Pontoni, CEO da Br Beauty: “O que levou a marca ao crescimento foram produtos de altíssima qualidade”... contamos nos EUA com vendas em salão, VD, distribuidores, e-commerce e lojas...
16/04/2015

Elaine Gerchon, Gerente de Projetos da Factor-Kline: "Os comerciantes internacionais não podem se dar ao luxo de sair dos mercados do Oriente ou ignorar a Halal
13/04/2015

Cheiro de Memórias
19/03/2015

 
  Matérias  
  Pernas ... para que te quero?
Tecnologia - 24/04/2015

A tendência de lançamentos específicos para as estações
Tendências - 06/04/2015

Os novos ativos e tecnologias para o mercado de cosméticos lançadas em feiras pelo mundo
Tecnologia - 27/03/2015

 

Envie-nos seu e-mail com comentários, críticas e sugestões.