The Body Shop (Grupo Natura & Co.), presente no Brasil desde outubro de 2017, inaugurou sua primeira loja em São Paulo, com o novo conceito que traz referências da natureza e do programa Community Trade global da marca, que consiste na compra de acessórios e ingredientes naturais de pequenas comunidades em todo mundo, inclusive no Brasil.

“É um espaço repleto de oportunidades e descobertas, onde damos vida a nossos produtos icônicos através de experiências sensoriais, além de trazermos referências sobre o nosso programa de comércio com comunidades, nossos valores e nossas histórias únicas”, explica Karina Meyer, Diretora de Marketing da The Body Shop no Brasil.
Com 27m², a nova loja disponibiliza diversas linhas de produtos – faciais, corporais, para banho e fragrâncias – todos naturais e não testados em animais, oferecidos por vendedoras especializadas.

O programa Community Trade, uma das inspirações para o desenvolvimento do novo conceito de loja da The Body Shop, compra cerca de 23 ingredientes naturais e mais de 10 acessórios de 28 comunidades presentes em 22 países, empregando mais de 20 mil trabalhadores.

No Brasil, a The Body Shop conta com três comunidades que produzem diferentes insumos: óleo de soja, produzido em Capanema, interior do Paraná, álcool orgânico, desenvolvido em Sertãozinho, no interior de São Paulo, óleo de babaçu, produzido no Lago do Junco, no interior do Maranhão.

“Acreditamos que as empresas têm a responsabilidade de usar o comércio não apenas para ganhar dinheiro, mas ter uma influência positiva no mundo”, diz Karina.
A rede de franquias soma ao todo mais de 115 pontos de venda (entre quiosques e lojas) distribuídos por todo Brasil e mais de 3 mil lojas em 66 países.