Anunciada no Congresso Mundial de Perfumaria no início do mês, na França (veja entrevista), e lançada oficialmente ontem, pela Natura, a criação de sua nova marca de perfumaria e higiene, “para usar com ou para o outro”, um novo conceito de marca para o mercado.

Baseada no fato de que esta é uma época em que as relações pessoais são, em geral, fugazes e descartáveis, a empresa sugere com o novo conceito, que seus consumidores repensem as relações e busca inspirar e incentivar o cuidado com elas, assim como o amor possível, construído todos os dias com nossos gestos.

Com o novo conceito os consumidores terão produtos para cuidar, aquecer e sentir. A princípio são duas fragrâncias – Chamego é feminina e Amasso é masculina – e há ainda dois produtos complementares: um sabonete que provoca sensação de refrescância durante e após o banho, para ele e um óleo de massagem que provoca um aquecimento ao ser aplicado, para ela. Há planos para ampliar o portfólio da marca para outros segmentos, dentro de perfumaria. Esta será a 23ª marca da Natura nessa categoria e, para tentar diferenciá-la das outras, foram feitos estudos de mercado nos últimos dois anos.

Uma equipe de cerca de 100 pessoas, de 18 a 35 anos, entre consumidores e formadores de opinião de diversas capitais do país, além de parceiros que discutiram do nome ao conceito de Amó, que em tupi-guarani significa “os outros”, “a diversidade”.

“Nesses encontros, ficou claro que, ao contrário do que se pensa, as pessoas têm uma visão mais real e verdadeira dos seus próprios relacionamentos. Elas reconhecem que as relações também podem estar mornas ou estremecidas, mas que isso faz parte do processo de amadurecimento do relacionamento e, que, nesses momentos, gestos como cuidar, temperar e compreender se tornam ainda mais importantes”, explica Denise Figueiredo, diretora da unidade de negócios da Natura.

Não é a primeira vez que a empresa propõe e difunde novos conceitos: houve o da beleza de verdade, que valoriza a beleza possível de cada mulher com a linha Chronos, o conceito de sustentabilidade e da biodiversidade, com a linha Natura Ekos e mais recentemente o de que cada mulher tem uma história, para a nova linha Chronos antiidade, com cremes para diferentes idades. Amó foge um pouco da beleza em si ou da natureza e a sua preservação e parte para a valorização das relações, uma crença amplamente difundida pela empresa, que agora é concretizada na nova marca, que representa o Amor em Movimento. Que gesto você faria para o seu amor? Pergunta o filme da campanha, que abordará a sustentabilidade das relações, “buscando levar as pessoas a questionar e desmistificar a idealização desse sentimento” revela a executiva. Além da comunicação tradicional haverá um site da marca com uma rede colaborativa oferecendo serviços, como programas para se fazer a dois às sextas-feiras.

Tudo em Amó fala de amor, do nome às embalagens. E para embalar o Amor, um jeito brasileiro: pequenas e simples garrafas que remetem àquelas usadas em receitas, poções e simpatias amorosas. A brasilidade também está expressa no uso de óleos da biodiversidade brasileira, que compõem o coração das fragrâncias, criadas por Verônica Kato, perfumista exclusiva da Natura, em conjunto com alguns perfumistas internacionais das casas de fragrâncias Givaudan e IFF. “Isso garante um cheiro exclusivo e diferente para nossa perfumaria, impossível de ser reproduzido”, afirma Verônica. Assim, Amó Chamego Colônia Feminina é uma fragrância marcada pelo contraste de especiarias, como o gengibre e o cardamomo, e intensas, como a canela e a pimenta. Há ainda o toque sensual ao fundo, com âmbar, sândalo, favatonka e musk. O óleo de massagem contém glicóis que provocam um aquecimento agradável além de deixar um colorido que vai sumindo, até ficar transparente. Amó Amasso Colônia Masculina, que teve co-criação da casa de fragrâncias IFF, possui saída cítrica com bergamota, grapefruit, folhas de violeta, manjericão, gengibre e o toque de maçã, aludindo ao fruto proibido. O corpo tem um complexo amadeirado e especiado masculino, com gerânio, chã, canela, elemi, pimenta rosa e o fundo combina sândalo, vetiver, âmbar, chocolate. O sabonete foi desenvolvido com base vegetal e possui em sua fragrância óleos essenciais e mentol.

 “A marca Amo, cuja inspiração para o conceito vem de uma das crenças da Natura de que a vida é um encadeamento de relações, está nascendo para ser uma das principais marcas da Natura”, disse José Vicente Marino, VP de Negócios da Natura.

Os produtos começam a ser vendidos pelas consultoras no início de agosto. O preço da colônia de 75 ml será de R$ 76,50. O óleo de massagem de 100ml R$31,60 e o sabonete em barra (2 sabonetes em barra de 100 g cada), R$ 14,20.