L´Oreal aposta em BBCream com maior FPS e Adcos proteção ao DNA e colágeno

O Brasil é o segundo maior mercado em Proteção Solar, com 17% do mercado internacional em 2013, mas com apenas 3,7% de participação no mercado interno, de acordo com dados do Euromonitor. Um mercado que apresenta vocação para o crescimento.

De acordo com a Mintel, o mercado de proteção solar deve encerrar 2015 com vendas de R$ 2,5 bilhões, uma alta de 14% em relação ao ano passado. O relatório da agência de dados de mercado indica uma  tendência de consumo de  produtos mais práticos, especialmente de maior apelo entre os consumidores de protetor solar, com o  uso dos BB Creams, produtos multifuncionais de maquiagem com hidratação e FPS, apontados como preferência entre 26% das mulheres entrevistadas e figura como uma das apostas do setor para manter as vendas em alta após o verão.

O consumo sazonal de proteção solar já dá sinais de se  transformar em consumo diário, seja pelo esforço de informação dos dermatologistas e das empresas, pelos estudos que mostram a força da incidência dos raios solares durante todo ano ou pela própria constatação do consumidor de que há mais sol durante o ano todo e este fato o tem obrigado a usar mais proteção solar.

                      
                   Johnson – vários segmentos para manter a liderança

A marca Sundown da Johnson & Johnson (J&J), líder no segmento de proteção solar no País, lança anualmente novos produtos e tecnologias para que o uso do protetor solar não fique restrito ao verão. A empresa vem acompanhando os hábitos de consumo de proteção solar e realizou uma extensa pesquisa para aprofundar o entendimento do comportamento do consumidor brasileiro sobre a exposição solar.

Descobriu entre outras questões que o sol está presente na rotina de 80% dos brasileiros, que ficam expostos a ele, seja a caminho do trabalho, da escola, ou em atividades ao ar livre; que hábito de se proteger ainda é baixo no Brasil, com índice de penetração do protetor solar de 26% em todo o país, conforme informações da Nielsen. O comportamento do brasileiro quanto à exposição ao sol é linear em todo o Brasil, independe da cidade ser litorânea ou não. Quando o assunto é filhos: o brasileiro é mais cuidadoso. O uso do protetor solar nas crianças é maior, mas apenas quando estão na praia ou na piscina.

De acordo com a empresa, seu pico de vendas vai de novembro a fevereiro, quando o volume de venda atinge 60% no ano. Para este verão as novidades foram: a embalagem aerossol, com a linha Sports reformulada, com proteção de raios solares UVA e UVB, vitamina E e cinco horas de resistência a água e ao suor. Outra aposta é a linha de bronzeadores  Gold, nas versões óleo ou loção para peles morenas, de produtos que protegem ao mesmo tempo em que bronzeiam, com FPS 2 ao FPS 15 e a linha de protetores infantis Kids, de absorção rápida e seis horas de resistência a água e ao suor, em versões coloridas , além das tradicionais versões brancas  e fragrâncias de uva e tutti-frutti e ainda, a versão spray contínuo sem gás.

                         
                   Australian Gold – aposta no gosto das brasileiras
                                      pelo bronzeado com proteção

Também adepta dos bronzeadores com proteção, a marca australiana de produtos solares Australian Gold,  traz ao país SPF 8 Continuous Spray with Instant Bronzer, com fórmula exclusiva que proporciona um bronzeado natural e deixa a pele com um brilho instantâneo, para uma aparência radiante. O produto inclui a tecnologia Fine FinishTM, que oferece secagem rápida, sem deixar a pele com textura pegajosa ou melada. “O diferencial é que o produto dá à pele um aspecto dourado imediatamente após a aplicação, proporcionado pelos extratos naturais de semente de abóbora, nozes e cenoura,” diz Letícia Guarnieri, Gerente de Marketing da Australian Gold.

Consumidores estão sempre em busca de inovações – FPS mais altos, embalagens com fácil aplicação,  fórmulas com texturas mais leves e produtos multifuncionais. Uma das apostas mais promissoras da L´Oréal Paris para este ano é o BB Cream Protetor Solar FPS 50. De acordo com a empresa o mercado de proteção facial diária mais que dobrou nos últimos 6 anos. Com a chegada ao mercado dos BB Creams e a sua plena aceitação entre jovens e blogueiras, a empresa acrescentou maior fator de proteção ao lançamento, que promete proteger contra os raios UVA e UVB, com o filtro Mexoryl exclusivo, desenvolvido pelos laboratórios L’Oréal, que associa filtros orgânicos a filtros minerais. Uniformiza, com pigmentos que dão um leve toque de cor adaptável à pele, deixando-a iluminada. Além disso, contém glicerina, que hidrata a pele. Nas versões FPS 30, 50g e FPS 50, 50g (R$ 33,90 e R$ 39,90, respectivamente). E como os brasileiros estão enfrentando o sol forte não apenas na praia ou na piscina, mas nas ruas, a caminho do trabalho, outra boa idéia da empresa foi apostar em maior proteção facial, com o Solar Expertise Facial Antirugas FPS60, de alta proteção, com ativo hialurônico, que hidrata a pele, previne contra rugas e manchas solares e ainda é resistente à água.


“A penetração de uso da proteção facial é de 30% e da corporal é de 58%. Ou seja, já espaço para crescer nos 2 mercados, mas o que fica bem claro é que muitas pessoas ainda não aderiram ao uso do protetor solar específico pro rosto. Além disso, em termos de hábitos de uso, temos ainda que mobilizar a mudança do mind set que proteção solar deve ser utilizada apenas no verão, quando a incidência dos raios UV são mais fortes. É preciso que os consumidores tenham a consciência de que a proteção solar deve ser diária,” diz a gerente da Solar Expertise da L’Oréal Paris, Renata Guberfain.

A empresa lançou ainda para o verão Aerosol Toque Seco de Solar Expertise, em 2 versões:  FPS 30 e FPS 50. (R$ 45,50 e R$ 53,90 respectivamente). Com 0% de álcool, seu diferencial está no acabamento aveludado, com boa cobertura e absorção rápida.

                   
               Anthelios uniformização com alta proteção

E da divisão de Cosmética Ativa  da L´Oreal, La Roche Posay,  a marca Anthelios além de abrasileirar o nome dos produtos, modernizou suas embalagens e deu ênfase na praticidade, com identificações fáceis e diretas. A marca também aposta em produtos multifuncionais  para a pele do rosto, com o Anthelios Unifiant FPS 50, que homegeiniza a tonalidade e alisa o relevo da pele. Tem textura mousse com cor de base adaptada  a todas as tonalidades de pele. (R$ 76,90) . Apresenta ainda Anthelios AE Sérum FPS30  50ml que oferece alta proteção UVB FPS30 UVA PPD17, que oferece dupla ação antienvelhecimento, ácido hialurônico fragmentado  e textura serum acqua gel, com toque confortável.

Numa outra linha, para um público mais segmentado estão Sunfresh, da marca Neutrogena (Johnson), que  complementa o portfólio da empresa com fatores de proteção 50 e 60, em formato de bisnaga e fragrância agradável.  E Roc Minesol Actif Unify FPS 80, fator de proteção mais alto da linha, já um direcionamento para o cuidado facial. Segundo Nilo Cobeiros, cientista da marca, é importante ter fatores mais altos à disposição porque os danos do sol na pele são cumulativos. De textura leve em gel creme e rápida absorção, o produto é especial para quem tem a pele oleosa. Conta com tecnologia Total Soya, que utiliza as propriedades antimanchas da soja.

A ADCOS Cosmética de Tratamento lança o Filtro Solar Mineral Loção FPS 50, formulado especialmente para peles sensíveis. O lançamento reforça o crescimento da marca na categoria Fotoproteção Diária, com uma variedade de produtos multifuncionais que oferecem ampla proteção contra os raios UVA, UVB e IV, luz visível, além da proteção ao DNA celular e colágeno. Entre os benefícios estão a tecnologia Pró-Defense, com carcinina que confere a proteção do DNA celular e do colágeno, promovendo uma ação antiglicante e antioxidante. O filtro é 100% mineral, minimizando os riscos de alergia. O produto é resistente à água e possui fórmula leve.

                      
             Stiefel (GSK) –  toque seco e tratamento para oleosidade

Da Stiefel (Grupo GlaxoSmithKline), SunMax Acqua Oil Control FPS 30 sabe da importância para os brasileiros do toque seco e propõe inclusive tratameto: proteção com controle e redução de oleosidade e hidratação, para as peles com tendência a acne.  O protetor também tem uma versão com FPS 60. (R$ 63,19 e R$ 54,65 o frasco de 60 ml) E traz ainda o produto SunMax Color Sense FPS 35 para peles com tendência a marcas escurecidas. O protetor reúne em um só produto a alta proteção contra as radiações UVB e UVA com os benefícios da base, permitindo o disfarce de pequenas imperfeições.( R$ 76,70 a bisnaga de  60g) A empresa tem ainda SunMax Sensitive Family FPS 30 é indicado para uso diário, para adultos e crianças maiores de 6 meses. E a Mary Kay trás o seu Protetor Solar com FPS 30 Mary Kay® para rosto e corpo, com fórmula leve e livre de óleo, à prova d´água e resistente ao suor por até 80 minutos. (R$ 62,00).

                        
         Base seca com cobertura e FPS 36 e tecnologia de aderência

A japonesa Shiseido traz para o país a base multifuncional em bastão com proteção solar da Shiseido, o UV Protective Stick Foundation SPF 36, que proporciona proteção contra os nocivos raios UVA e UVB, previne contra rugas e manchas, além de cobrir imperfeições, como melasmas e acnes, oferecendo um acabamento duradouro e natural. O produto inclui a tecnologia exclusiva Shiseido, o Super Veil-UV 360, que distribui uniformemente a proteção solar sobre a pele microscopicamente irregular, e assim, seus ingredientes conseguem aderir à epiderme de forma homogênea, garantindo maior proteção UV; e o Profence Cell, que inibe o dano celular e a degeneração do DNA, prevenindo rugas e manchas. O produto também contém outros ingredientes como o Tone Correcting Powder, um pó que reflete a luz e uniformiza o tom da pele deixando o acabamento com o aspecto natural; e o Texture Correcting Powder, que minimiza os poros visíveis e as linhas finas.  Em quatro cores. (R$ 119,00)

Fornecedores:

A Cosmotec possui em seu portfólio ingredientes necessários para o desenvolvimento de formulações de alta performance com fator de proteção solar, entre eles: COMPOSITE ACT-50 e COMPOSITE ACZ-50 (Cosmotec/Kobo), partículas ultrafinas de dióxido de titânio e óxido de zinco, respectivamente, encapsuladas em uma rede de acrilatos (5-15µm) com estrutura de microesfera. Conferem FPS e comprimento de onda crítico mais altos que o TiO2 e ZnO de mesmo tamanho de partícula não encapsulados. Promovem alta estabilidade, facilidade de incorporação e baixo residual branco. E ainda TEGO® Care PBS 6 (Cosmotec/Evonik) é um emulsionante O/A não iônico, PEG-FREE e derivado de fontes renováveis. É ideal para o desenvolvimento de formulações fluidas de protetor solar, conferindo alta estabilidade, sensorial sedoso e maciez à pele.

A Gattefossé sugere para produtos de proteção solar o seu ativo  ZIN’CÎTE™, um complexo mineral de zinco estabilizado altamente eficaz para a proteção da pele contra danos causados pelos raios UVB.  ZIN’CÎTE™ apresenta efeito Genoprotetor devido ao estímulo de metalotioneínas (proteínas envolvidas no sistema de defesa natural de DNA), além de inibir a glicação. Recomendado para ser utilizado a partir de 1% em linhas de proteção solar.

A Lubrizol disponibiliza para formulações Water Resistant, Polímeros Pemulen™ TR-1 e TR-2 . Os  polímeros da linha Pemulen™ atendem a definição do FDA (US Food and Drugs Administration) para produtos “water-resistant”. A liberação da fase oleosa desencadeada logo após a aplicação assegura que os absorvedores de radiação UV e ativos estarão disponíveis sobre a epiderme. A empresa apresenta um novo polímero modificador reológico, que permite formulações para cuidados com a pele que ofereçam melhor proteção solar e tonalidade uniforme em emulsões com altas concentrações de pigmentos: Carbopol® Aqua SF-1 OS. O ativo apresenta excelente reologia e suspensão, que permite estabilização de formulações sofisticadas para cuidados com a pele, proteção solar e maquiagem, contendo altas concentrações de pigmentos revestidos e não revestidos (Dióxido de Titânio, Óxidos de Ferro) ou outras partículas. Indicado para formulações de BB Creams com textura aveludada e loções de proteção solar espreáveis.

“Além de produtos resistentes à água (Epitex™ AC) e potencializadores de proteção UVA/UVB (SunSpheres™), a Dow também oferece modificadores de reologia (Aculyn™), que aprimoram a textura e agregam suspensão às formulações, e também os celulósicos (Methocel™ e Cellosize™),” diz Thelma Bayoud, Gerente de marketing da área de Home & Personal Care da Dow para América Latina. “No mercado de produtos cosméticos, a categoria de cuidados com o sol é, sem dúvida, uma das mais atrativas em termos de crescimento nos próximos anos na América Latina. Somente no Brasil, a área registrará um aumento de 60% até 2017, o que representa grandes oportunidades de negócios para formulações desse tipo”, reforça Thelma.

A Aqia disponibiliza o Lipídeo funcinal, emoliente bioativo rico em Fito-Esteróis e Tocoferóis naturais Lipex® PreAct, que associa as propriedades protetoras da vitamina E biodisponível e fitoesteróis com hidratação e emoliência. É um agente foto-dermo-protetor que reduz os danos causados pelos raios UV, tornando-o ideal para incorporação em hidratantes com fator de proteção. Combate os radicais livres e suprime as reações inflamatórias, restaura a função de barreira da pele e melhora a elasticidade da pele eé um ingrediente cosmético verdadeiramente sustentável e eco.certificado.

“Temos uma oferta bem grande de tecnologias, que envolvem desde emulsionantes e emolientes especialmente desenvolvidos para esta área, até ativos de proteção solar física e ativos de tratamento de pele, que atuam como co-adjuvantes no processo de proteção solar, “ diz Renata Sofredini, do marketing da Croda Brasil. E aponta alguns desses produtos: Solaveil™ Clarus, da linha de dispersões de dióxido de titânio com tamanho de partícula controlado para uma avançada performance de proteção UVB, é transparente na pele e indicado para uso diário, produtos para praias, maquiagem, nos formatos de emulsões, sticks, sistemas anidros, sprays, etc. O Polyhydroxystearic Acid (and) Aluminum Stearate (and) Alumina  é o primeiro filtro solar nano totalmente seguro e certificado pela Ecocert®. Da linha de emulsionantes Natragem™ E145 (INCI: Polyglyceryl-4 Laurate/Succinate(and) Aqua) é um emulsionante especial processável em frio e de baixo impacto em pele, que além de poder ser aplicado em formulações fluidas e de fácil aplicação, também possibilita formular para peles sensíveis e que passaram por procedimentos. Volarest™ FL (INCI: Acrylates/Beheneth-25 Methacrylate Copolymer) é uma inovação em sistemas sprayaveis que promove estética inovadora e sensorial leve, além de uma aplicação direcionada à região aplicada.

Finalmente, a linha de ésteres de fosfato especiais – Crodafos™ está disponível em três versões, que possibilitam uma estética sedosa para produtos de uso diário, efeito boosting do FPS e ainda variedades de formatos, desde sprays até cremes super ricos.

A Sarfam disponibiliza o PARSOL® TX , um filtro UV inorgânico 100% rutilo e livre de alumínio, e seu exclusivo duplo revestimento proporciona uma excelente foto-estabilidade e uma excelente compatibilidade com outros filtros UV, tais como Parsol 1789 (avobenzona, e também com espessantes acrilato. Revestimento hidrofóbico de PARSOL® TX contribui fortemente para o seu apelo estético na formulação, uma aplicação com baixo resíduo e um particular sensorial agradável.
Para a pele molhada a empresa oferece  WETFILM – Verão WetFun Polímero especialmente desenvolvido para filtros solares hidroalcóolicos, ideal para a fotoproteção em pele molhada por formar resistência à água e sem causar resíduo branco na pele.


A BASF lança o novo filtro UV de amplo espectro, o Tinosorb® A2B, que abrange as faixas de UVB e UVAII (de 290 a mais de 340 nm). O produto atua por meio de três mecanismos de ação: absorção, reflexão e dispersão, e apresenta efeito sinérgico em combinação com outros filtros UV. Além de ser adicionado na fase aquosa, permite o processo a frio. “O Tinosorb® A2B atua em uma faixa de absorção antes não atendida por outros filtros UV. Isso oferece maior contribuição ao FPS, com menor concentração de filtros UV, sem desbalancear a relação de 1/3 de proteção aos raios UVA. Facilmente se alcança altos valores de FPS,’ diz Christine Botto, especialista em proteção solar da BASF para a América do Sul.
“Em países como o Brasil, as altas temperaturas prevalecem na maior parte do ano, de modo que os consumidores buscam produtos com maior fator de proteção, que costumam ser mais pesados e pegajosos. Para os fabricantes, o desafio é justamente combinar fórmulas com alto FPS e uma consistência mais leve e de alta espalhabilidade, ou seja, sem que a maior proteção ao sol comprometa o lado sensorial do produto. “