Para incentivar projetos e a formação profissional na área de embalagens o Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) e a Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) assinam convênio hoje, em São Paulo.

O IMT e a ABRE pretendem desenvolver e implementar pesquisas relacionadas ao setor, identificar oportunidades de projetos relativos ao Sistema Embalagem e fomentar a formação de profissionais para atuar nesse segmento, com responsabilidade ambiental. Para isso, serão realizadas palestras, seminários, cursos e discussões de temas estratégicos relacionados à embalagem, em âmbito nacional.


O mercado de embalagens movimenta no Brasil  cerca de R$ 30 bilhões ao ano.

Implantado em 1998, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Industriais com ênfase em Engenharia de Embalagem, tem o objetivo de formar profissionais com competência para atuar na concepção, no projeto, na implantação e no gerenciamento estratégico do sistema embalagem.

O Instituto Mauá de Tecnologia tem vários convênios estabelecidos com escolas e universidades européias e norte-americanas, com destaque para o de Michigan State University – The School of Packaging. Os alunos que desejam formação diferenciada têm acesso a disciplinas oferecidas por essas instituições. É uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, cujo objetivo principal é promover o ensino técnico-científico, visando a formação de recursos humanos altamente qualificados, que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico do país.


www.abre.org