A divisão de perfumaria e cosméticos da LVMH, além de estar lançando três novas fragrâncias masculinas (Guerlain, Givenchy e Kenzo), prepara a chegada ao País da grife de luxo italiana Acqua di Parma, famosa por suas colônias masculinas.

 

“É uma marca que trabalha com um público bem restrito, por isso estará em apenas três pontos-de-venda em todo Brasil, sendo um deles na Daslu”, informa a diretora-geral das marcas Christian Dior e Guerlain no País, Evelyse Britto.

 

As vendas dos produtos Acqua di Parma no Brasil estão programadas para começar em dois meses. Será comercializada a mesma linha trabalhada no exterior, incluindo artigos como roupões, velas, sabonetes, etc.

 

As duas primeiras novidades da importadora que chegam às lojas brasileiras a partir do início de agosto – aproveitando o incremento das vendas para o Dia dos Pais – são KenzoAir e Givenchy Pour Homme Blue Label, uma versão casual do Pour Homme (apresentadas em nossa sessão Vitrine). Guerlain L’Instant, também para homens, está programado para setembro.

 

Para o lançamento de KenzoAir  e de Givenchy Blue Label, a LVMH vai investir em filmes publicitários, além de veicular anúncios em revistas e trabalhar a divulgação nos pontos-de-venda, decorados com materiais promocionais. “O homem é hoje uma grande oportunidade para as marcas de prestígio. Apesar das dificuldades, há um excelente mercado para ser explorado no Brasil”, garante a gerente-geral da Givenchy, Maria Luisa Pucci.

 

Maria Luisa relata que 2002 foi um excelente ano para a perfumaria importada, com um crescimento de 25%. Já em 2003 não houve o mesmo resultado, ainda assim as grifes conseguiram, no geral, manter as vendas de 2002. “No primeiro trimestre 2004, porém, já conseguimos obter um crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado.”