Imagem: (Divulgação/ PR Newswire)

Concluída na sexta-feira dia 3 a compra da Avon, a Natura & Co (NTCO3 – B3) designou uma nova equipe de liderança sênior para impulsionar a próxima fase de crescimento da empresa.

Roberto Marques, que há quatro anos é o Presidente Executivo do Conselho de Administração de Natura &Co, também atuará como CEO e vai liderar o comitê operacional do Grupo, composto pelos quatro presidentes-executivos eleitos para as subsidiárias Natura & Co, América Latina, Avon, The Body Shop e Aesoap.

Marques defendeu uma abordagem global, multicanal e multimarcas para a empresa, liderando a aquisição da The Body Shop em 2017 e agora a combinação com a Avon. Tem vasta experiência internacional e um forte histórico de transformação no setor de bens de consumo, tendo ocupado, antes de Natura &Co, vários cargos da alta administração na Johnson & Johnson e na Mondelez International, por mais de 30 anos. É dele a iniciativa de conversação com os membros do conselho de administração da Avon Products, em meados de 2017, para fazer uma oferta pela rival da Natura na América Latina.

Nova fase

As quatro unidades de negócios foram organizadas com base nas prioridades estratégicas do Grupo:

Natura &Co América Latina, que abrange a responsabilidade pelos resultados da Natura, Avon, The Body Shop na região e da Aesop no Brasil. Essa função também será responsável pela inovação e administração global da marca Natura.

Avon (exceto América Latina), responsável pelos resultados dos mercados na Europa, África, Oriente Médio e Ásia. Essa função também será responsável pela inovação e administração global da marca Avon. Será no futuro, responsável pela expansão internacional da marca Natura fora da América Latina

João Paulo Ferreira assumirá o cargo de CEO América Latina de Natura &Co. A nova organização na América Latina permitirá que as quatro marcas do grupo maximizem seu potencial, capturem sinergias significativas e acelerem o crescimento e presença multicanal. Ferreira liderou a revitalização do seu modelo de venda direta da Natura desde que se tornou CEO, em outubro de 2016, impulsionando o novo modelo comercial e a digitalização. Anteriormente, foi Vice-Presidente de Operações e Logística e Vice-Presidente Comercial da Natura, após uma longa carreira na Unilever.

Angela Cretu é nomeada CEO da Avon, responsável pelos negócios fora da América Latina e pela supervisão global da marca Avon. Natural da Romênia, Cretu tem mais de 20 anos de experiência na Avon em vários cargos executivos, mais recentemente como vice-presidente do grupo e gerente geral da Europa Central, responsável por 18 países. Antes disso, liderou com sucesso os grupos da Europa Oriental e da África/Oriente Médio e as funções globais. Além de suas reconhecidas habilidades de gestão, perspectiva internacional e experiência no setor, ela participou ativamente da busca da Avon pelo empoderamento econômico das mulheres, o que será uma vantagem importante para levar a Avon e a Natura adiante.

David Boynton permanecerá como CEO da The Body Shop, continuando a conduzir a transformação e revitalização da marca, processo que já rende resultados positivos. Anteriormente, foi CEO da Charles Tyrwhitt e CEO da L’Occitane para os mercados ocidentais.

Michael O’Keeffe, CEO da Aesop desde 2003, também permanece em seu cargo atual, impulsionando o alto crescimento dessa marca de prestígio e, com o apoio do restante do grupo, transformando-a em um negócio verdadeiramente baseado no tripé da sustentabilidade.

Roberto Marques, presidente executivo do Conselho de Administração e principal executivo do grupo Natura &Co, comentou: “Ao lado da experiente, diversificada e internacional equipe de administração sênior que anunciamos hoje, tenho o orgulho e o privilégio de liderar os próximos passos de Natura &Co em sua jornada. Com a adição da Avon, criamos uma família de empresas com relação direta sem igual com o consumidor e uma plataforma formidável de crescimento.”

A compra da Avon pela Natura cria a quarta maior empresa do mundo focada em produtos de beleza. A Natura & Co, que tem ações negociadas na B3 em São Paulo, também começará a ser negociada por meio de ADRs na NYSE (sob o código NTCO) a partir de hoje.
A combinação entre Avon, Natura, The Body Shop e Aesop amplia significativamente o alcance do grupo multicanal e multimarcas, que ocupará a liderança na relação direta com o consumidor, levando beleza para mais de 200 milhões de consumidoras no mundo todo, por meio de vários canais, pontos de contato e marcas do grupo. Hoje ambas as marcas têm mais de 6,3 milhões de Consultoras e Revendedoras, mais de 3 mil lojas e uma receita bruta de mais de US$ 10 bilhões, além da presença em mais de 100 países.

O grupo Natura &Co , que se define como” uma empresa orientada por propósitos, terá assim uma voz mais forte para defender causas, incluindo o empoderamento feminino, o combate à crise climática, cosméticos livres de testes em animais e o desenvolvimento de fortes laços com as comunidades locais, parte da sua crença em fazer negócios de um jeito melhor por meio de impacto social, econômico e ambiental positivo.