Natura &Co América Latina divulgou comunicado informando aos seus acionistas e ao mercado em geral que monitoram atentamente a evolução da pandemia do COVID-19 pelos países da América Latina, de modo a tomar medidas preventivas para minimizar a disseminação do vírus, assegurar a continuidade das operações e, essencialmente, promover a saúde e a segurança das pessoas.

“Diante da gravidade do cenário trazido pela pandemia do COVID-19, as Companhias reiteram o compromisso do Grupo Natura &Co com o bem-estar de sua rede de relações, sem deixar de lado a necessidade de manter os negócios em funcionamento.

Nesse sentido, as companhias informam que, ” para atender a atual necessidade do mercado e a regulamentação aplicável, as fábricas da América Latina passaram a privilegiar itens essenciais de higiene pessoal, além de álcool em gel e líquido, que são cruciais para frear a propagação da COVID19.”

O grupo implementou as orientações das autoridades, tais como incentivo ao trabalho remoto e ao regime de home office, o fechamento de lojas no varejo e não-adoção de nenhum programa de demissões nos próximos 60 dias, dentre outras medidas.

Paralelamente a empresa lançou na TV campanha que visa conscientizar as pessoas justamente a se unirem neste momento de crise do novo coronavírus de um jeito novo. Juntas, mesmo distantes fisicamente. Anunciou ações práticas para ajudar a população a superar o novo Coronavírus e no site da empresa, informa que está facilitando o acesso aos sabonetes líquidos e em barra.

Além de colocar mais produtos à disposição da população, esta atitude garante a fonte de renda das consultoras da empresa que, mais do que nunca, precisam trabalhar. Como o contato físico precisa ser evitado, a Natura está incentivando o uso das ferramentas digitais da empresa para que as consultoras não circulem, mas mantenham os negócios ativos.

Temporariamente o Grupo vai suspender a produção de maquiagens e perfumes em sete fábricas da Avon e Natura na América Latina, para que elas se dediquem à fabricação de álcool em gel e líquido, 15 toneladas de álcool em gel e 150 mil litros de álcool em solução 70% serão doados integralmente à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para serem utilizados em postos de saúde.